PSD em Lamego

por PN | 2019.09.04 - 11:12

Seria caso para pensar, na cidade das fardas e das sotainas, se a visita à Senhora dos Remédios seria em peregrinação ou em rogo de divina intercessão.

Mas antes, claro, as caves da Raposeira, inspirarão os candidatos, refrescá-los-ão e, de aço retemperado lhes darão a força necessária para enfrentar a monumental escadaria, aqui metáfora de uma ascensão difícil aos pináculos do poder.

Rui Rio não estará por lá. Mas, surpresa…, estará o seu principal opositor, Luís Montenegro, íntimo de Pedro Alves, aqui já se desenhando uma estratégia de muita proximidade para “the day after”, com a eventual queda de Rio.

Parafraseando os gauleses, “le roi est mort, vive le roi”, Pedro Alves aquece os motores para novos voos em três temporais etapas: 2019, 2021 e 2023.

Paulo Neto