New York, New York

por Vítor Máximo | 2019.04.11 - 19:19

Não posso mais com tanto brilho.
Ano após ano, Viseu brilha na BTL, é o farol do centro e o centro do país, todos os caminhos vêm dar a Viseu.


Prometemos atingir a iluminação a quem cá vier.
Pois, brincadeiras à parte acho que é mesmo desta vez que a coisa pega.
O Algarve e a serra da Estrela que se cuidem, vão ser simples memórias em contos futuros e postais ilustrados dignos de um coleccionador.
Lisboa e Porto? Adeus. Ficam para a viagem de regresso e uma paragem rápida para levar um pastel de Belém ou uma garrafita de vinho do porto vintage.
Temos pena mas o grosso da maçaroca vai ser gasto em terras de Viriato. Não duvidem e o golpe de mestre são os amarelinhos que vão dar jeito às catrefadas de turistas que vão bater chinelo de ponta a ponta do concelho.
Que diabo,podem chamar-me de ingénuo mas ao fim de tanto tempo, dinheiro gasto mal gasto e justificado, isto tem que dar alguma coisa .
Afinal de contas temos a maior e mais antiga feira do país .
Estamos a caminho de ter um Silicon Valley.
Até fazemos vídeos turísticos super giros .
A oferta hoteleira está nas mãos de um grande operador , por isso será tudo mais fácil .
Agora mesmo a sério e brincadeiras à parte, apesar de quem nos enfia olhos a dentro o sucesso da Viseu Marca, não merecer ser levado a sério. Numa semana em que se tem falado tanto das contas ou falta delas de quem promove a imagem da cidade e arredores, do insucesso que foi todo o investimento ,começamos a perceber que já não bastava a opção de sermos uma cidade livre de indústria, como o objetivo turístico traçado não ter sido atingido .
Mas até aqui tudo bem, consigo perceber que há projetos que não correm bem, que tem que ser reavaliados, reajustados. Tudo isso faz parte da vida das empresas e quando feito atempadamente ainda se consegue levar o barco a bom porto, contudo não creio que tenha sido o caso.
Uma vez mais se nota a falta de rumo, a gestão em cima do joelho e uma extrema arrogância na falta de transparência .
Não me basta a maior feira do país, quero que seja a melhor .
Quero mais efémeros. Não vou discutir se tinham qualidade ou falta dela, mas eram uma lufada de ar fresco e um fator diferenciador .
Quero mais e melhores museus.
Quero uma cidade limpa .
Quero uma cidade com uma gestão virada para o futuro e para a sustentabilidade.
Quero uma cidade que fixe pessoas e não as deixe sair .
Quero uma cidade em constante evolução .
Quero mais e um pouco de tudo .
Quero um concelho melhor, estou cansado de propaganda .


Pelo menos tenho o consolo que todos os milhões investidos sempre me trazem alguma coisa, quando passeio pela cidade e olho à minha volta e por todo o lado vejo tantos veículos amarelos, por momentos, ainda que seja por breves momentos sinto que estou na Quinta Avenida em Nova Iorque .

Victor Máximo
Secretário da Comissão
Política Concelhia CDS-PP

Educador de infância. Militante CDS-PP

Pub