Mais um atentado terrorista…

por Eme João | 2016.03.23 - 22:34

Quando acordamos com a notícia de mais um atentado terrorista, seja na Bélgica, em França ou qualquer outro país, percebemos que vivemos tempos terrivelmente sombrios. Percebemos quão frágeis somos e logo começam as análises, as culpas as desculpas, os ódios, as raivas, as fobias e outras “ias”.

Percebo o medo que inevitavelmente todos poderão sentir de morrer nas mãos de terroristas alucinados por uma causa, que para nós ocidentais nos parece absurda.

Repudiamos o seu fanatismo que ceifa vidas em nome de uma fé, de um deus, de uma religião.

Para nós ateus isto é algo muito difícil de perceber. E quando pensamos nos bombistas suicidas ainda mais absurdo nos parece.

Mas parece que ninguém se preocupa muito em falar das causas de tudo isto. Nos negócios de armas, no petróleo, e outros interesses.

Tudo isto que se está a passar, não tem a ver com religião. Tudo isto, um dia a história mostrará, que vai muito para além de uma fé ou de uma ideologia.

Parece-me que um dos objectivos destes terroristas é fomentar o ódio que é fruto do medo alimentando os extremismos, cultivando a xenofobia e o ódio.

Ainda ontem ouvi alguém que até julgava ser uma pessoa mais esclarecida dizer: “ isto resolvia-se matando todos os sírios… o problema é aquilo dos direitos humanos que não deixam….” E nestas alturas fico realmente assustada e decepcionada com a espécie humana.

Para este individuo, o terrorismo resolve-se com a chacina de um povo…. Ou seja, se houver 10 assassinos em Portugal, matam-se todos os portugueses, em Espanha, matam-se todos os espanhóis, em Itália todos os italianos…. Assim, acabava-se a violência e tudo o resto.

Não teria dado grande importância a este tipo de diálogo se não conhecesse o sujeito em questão e não tivesse começado o dia a ouvir outros sujeitos que não conheço, com o mesmo tipo de argumentação.

Por tudo isto, acho que o maior perigo para a espécie humana é ela própria e por isso mesmo cada vez gosto mais dos gatos e de todos os outros animais.

 

 

Nasceu em Lisboa em 31/10/1966. Estudou psicologia no Ispa. Trabalha actualmente no ISS.

Pub