DEMENTIA FRIENDLY COMMUNITIES

por José Carreira | 2015.04.21 - 09:57

 

 

O Centro Apoio Alzheimer Viseu tem desenvolvido um trabalho que visa ajudar os familiares dos doentes de Alzheimer e os seus cuidadores principais, através de apoio psicológico, social e jurídico, complementado pela criação do Grupo de Ajuda Mútua (GAM), formação e participação em ações de sensibilização em diversos concelhos.

Acalentamos a esperança de contribuir para que Viseu se torne uma cidade mais amiga das pessoas e famílias afetadas pela doença de Alzheimer, inspirando-nos em alguns exemplos bem sucedidos de Dementia Friendly Communities.

dementia_friendly_communities_for_Wiltshire_22_Jan_2014

No dia 22 de abril, realizar-se-á o Colóquio Viseu, Cidade Amiga das Pessoas e Famílias Afetadas pela Doença de Alzheimer[1] com o intuito de trazer para o debate especialistas, no âmbito da formação, investigação e terapias não farmacológicas, que contribuam para o desenvolvimento de um plano de ação. Acreditamos que é imperativo unir esforços para que possamos estabelecer a auto-estrada do conhecimento: Viseu – Salamanca. Temos muito a ganhar com a experiência formativa e especializada da Universidade de Salamanca, bem como com a qualidade das práticas do Centro de Referência Estatal Alzheimer (CREA) de Salamanca. Tive a felicidade de estar no CREA três semanas a observar as boas práticas com os doentes, as famílias e ao nível da gestão organizacional. Um belo exemplo!

Em Portugal, não há um Plano Nacional para as Demências. Uma lacuna grave que impossibilita a definição de um plano que oriente a intervenção das diversas instituições.

Localmente, compete-nos fazer o melhor que podemos e sabemos, todos os dias!

A Alzheimer Europe[2] lançou, em fevereiro, a campanha de subscrição on-line da Declaração de Glasgow, que apela à criação de uma estratégia europeia para as demências e de estratégias nacionais em todos os países da Europa. A declaração foi aprovada por unanimidade pelos 26 membros da Alzheimer Europe, na reunião anual da organização, em Glasgow.

Os signatários apelam a todos os líderes do mundo para que reconheçam a Demência como uma prioridade de saúde pública e para que desenvolvam um plano de ação global para as demências.

ASSINE A DECLARAÇÃO DE GLASGOW:

http://www.alzheimer-europe.org/petition/sign/17969/in

[1] http://www.ruadireita.pt/ultima-hora/coloquio-viseu-cidade-amiga-das-pessoas-afectadas-pela-doenca-de-alzheimer-8655.html

[2] http://www.alzheimer-europe.org