Conhecimento. É essa a questão!

por Norberto Pires | 2014.01.18 - 22:33

A propósito de declarações de Pires de Lima sobre a investigação científica e tecnológica, as quais revelam, sem ofensa, profunda ignorância sobre o assunto, gostaria de partilhar convosco três apontadores na internet.

O primeiro é uma explicação brilhante e muito simples, feita à medida de ministros da Economia do CDS, sobre o que é um doutoramento (Ph.D.) e qual é o efeito que ele deve ter para ser, de facto, um doutoramento.

Link: http://www.businessinsider.com/the-illustrated-guide-to-a-phd-2012-3

O segundo apontador são as notas, os cartõezinhos auxiliares, de uma que fiz na 1ª reunião do CNCT (Concelho Nacional de Ciência e Tecnologia, de que fiz parte até Setembro de 2012), logo a seguir à tomada de posse no Palácio das Laranjeiras em Lisboa. Faço um enquadramento da situação atual e defendo um conjunto de áreas de intervenção que são essenciais no futuro a médio-prazo.

Link: https://dl.dropboxusercontent.com/u/16629734/notas_intervencao/slides.pdf

O terceiro apontador é o conjunto de slides de suporte de uma intervenção que fiz no âmbito de sessões de debate com empresários e académicos, e que intitulei “Atitude”.

Link: https://dl.dropboxusercontent.com/u/16629734/atitude.pdf

Em todos esses apontadores fica claro que o nosso maior problema é a falta de incorporação de conhecimento na atividade empreendedora, aliada a uma atitude desadequada, no sector público e no sector privado, avessa ao risco, que estigmatiza a falha, demasiado confortável, centrada no Estado, sem ética e sem responsabilização. De facto, a atividade empreendedora em Portugal não é má, mas gera pouco rendimento per capita. É empreendedorismo de sobrevivência, e não de risco com incorporação de conhecimento. Só esse tipo de empreendedorismo permitirá incrementar o PIB per capita. O nosso objetivo, que deve orientar as nossas opções em I&D, Educação, Ciência, etc., deve ser o salientado na figura abaixo.

graph

E para isso, o investimento em conhecimento é essencial. Mas também numa cultura e atitude diferenciadoras que tiram partido desse enorme motor de desenvolvimento.

Professor Associado da Universidade de Coimbra foi Presidente do Conselho de Administração do Coimbra Inovação Parque e Membro do Conselho Nacional para a Ciência e Tecnologia. Possui Mestrado em Física Tecnológica e Doutoramento em Robótica e Automação pela Universidade de Coimbra. É o Editor do jornal "Robótica". Autor de cinco livros na área da robótica e automação tendo publicado mais de 150 artigos científicos e tecnológicos.

Pub