Carnaval todo o ano… Amén!

por Luís Ferreira | 2015.03.02 - 18:43

 

Português que é realmente pertinaz está habituado a assistir regularmente a Bailes de Máscaras tão insólitos que por vezes até têm piada. E não precisamos de muita idade para já ter assistido a tantos memoráveis acontecimentos desses. Em poucos anos vi, por exemplo, imporem uniões de escolas e encerramentos de freguesias (ou lá como se diz…). Vi deputados a fazerem licenciaturas ao ritmo alucinante com que eu fiz o pré-escolar. Vi primeiros ministros que não sabiam que tinham obrigações para com a Segurança Social … e aí até eu próprio questiono quem terá sido o rebelde que inventou tal coisa. Pff, este pessoal que não tem mais nada para fazer irrita-me!! E continuando a saga, vi também duvidarem de um sábio filósofo-engenheiro e colocarem-no a dormir no 44. Não lhe podiam ter dado um apartamento dos Heron Castillo?! Há cada coisa… até vi a quase extinção dos burros que puxavam carroças e que deixariam descendência a outros de orelhas mais pequenas. “Mas porquê?”, pergunto eu quase de lágrimas nos olhos. Eles até tinham a sua piada!! Podiam borrar tudo, verdade, mas, ainda assim, faziam menos …estrumeira… que esses que acenam na televisão.

Acho que devíamos todos aderir à moda das manifestações e irmos para a frente da Assembleia comer umas sandes e beber umas minis com a CGTP. Afinal “somos nós”, como diria a Sagres. Damos palmadinhas nas costas, mas com a outra mão na carteira. Não venha algum indecente pedir satisfações acerca dos trinta e tal mil que a minha mãe me dá de mesada. Como isto anda, já nem sei se posso confiar na perna, quanto mais no motorista!

Felizmente estou ciente que será a juventude a dar a volta, e não a CGD! Nós é que vamos pagar as mariscadas políticas, nós é que vamos sofrer a vida toda! O futuro vai ter visões e decisões diferentes, espero! Acredito em nós! Nunca esquecendo, claro, que lá no fundo eles são todos bonzinhos.

Chega de palhaçada que o Carnaval não é o ano todo! Vamos lá arrumar as máscaras, exmos. senhores!!

 

 

Luís Ferreira é natural de Ferreirim, Sernancelhe, tem 17 anos e é estudante de Economia.

Pub