As verdadeiras amizades não precisam de likes…

por Ana Beja | 2015.09.13 - 14:30

As amizades verdadeiras são como as pedras. E por mais que água mole bata em pedra dura, não furam! As amizades verdadeiras são aquelas que não se precisa de falar para se entender o que o outro quer dizer. Basta um olhar, uma expressão ou o simples silêncio para perceber o que se quer dizer. Para sentir como bate o coração do outro.

As verdadeiras amizades não precisam de likes nem comentários no facebook. Não precisam de SMS nem de chamadas constantes. Os amigos verdadeiros aparecem nos piores momentos da nossa vida, juntam-se a nós nos momentos de alegria e felicitam-nos gratuitamente e sem inveja pelas nossas vitórias ou conquistas. Apoiam as nossas decisões, levantam-nos quando caímos e ajudam-nos a voltar a encontrar o rumo quando muitas vezes saímos dele.

Os verdadeiros amigos realçam as nossas virtudes e apontam-nos os defeitos. Discordam connosco, não nos dão razão quando não a temos e fazem-nos acordar muitas vezes para uma realidade que não queremos ver. Zangam-se quando erramos mas perdoam com facilidade. Muitas vezes nem é preciso pedir desculpa. Basta voltarmos a falar e tudo ficou esquecido. Passado. Sem moças ou rancores. Sem lambadas de luva branca nem sede de vinganças.

Os verdadeiros amigos guardam os nossos segredos. Ouvem os nossos pecados. Assumem as nossas dores. Choram connosco. Riem-se de nós. Lembram-nos das palermices que fizemos juntos. Dos tempos da juventude irreverente e das experiências próprias da idade. Das baldas às aulas. Das festas nas garagens. Das “noites de estudo” em casa de alguém…

As amizades verdadeiras perduram no tempo. Ou nem têm tempo ou validade. São intemporais. Não acabam. Aumentam. Acrescentam. Crescem connosco e envelhecem da mesma maneira e ao mesmo tempo. Atravessam meses e anos, sempre lado a lado. Ajudam-nos a construir sonhos e a derrubar barreiras. A transpor obstáculos. A atravessar pontes. A voar mais alto e a cair com rede.

As amizades verdadeiras são feitas de histórias e de momentos. Histórias das nossas vidas e de momentos que perduram e ficam para sempre na nossa memória.

Estas amizades são raras. Não abundam. São joias preciosas. E é por isso que guardo muito bem este tesouro, pois quem tem verdadeiros amigos é dono da maior riqueza do mundo!