Alunos do Agrupamento de Escolas de Moimenta da Beira juntam-se à luta de Greta Thunberg

por Maria Sobral | 2019.03.16 - 12:58

 

Numa iniciativa espontânea de um pequeno grupo de alunas do Agrupamento de Escolas de Moimenta da Beira, ontem sexta-feira, lutou-se pelo ambiente e pelo futuro do nosso planeta e das novas gerações.

Esta pequena e pacífica manifestação teve como inspiração o movimento iniciado pela jovem Greta Thunberg, estudante sueca de 16 anos, que começou a fazer greve às aulas todas as sextas-feiras, como forma de alerta para a situação ambiental em que nos encontramos.

Esta jovem, que se encontra já nomeada para o Prémio Nobel da Paz 2019, tem assim inspirado jovens de todo o mundo a juntar-se a ela, e a mostrarem às gerações mais velhas, que as mais novas estão atentas, preocupadas, e com vontade de mudar o rumo das políticas e ações de certos governantes e decisores.

Quando tantos de nós se queixam do completo afastamento dos nossos jovens relativamente a questões fundamentais, como o ambiente, política, solidariedade, individualidade e liberdade; é bom ver que existem lampejos de esperança e inspiração em “mulherzinhas” de palmo e meio.

cof

Geóloga por graduação e afeição telúrica natural. Formadora na Escola Profissional de Sernancelhe. Técnica dinamizadora do Centro Interpretativo Aldeia da Faia. Promotora de consciência ambiental e cultural.

Pub