O inacreditável Nuno Godinho de Matos

por Norberto Pires | 2014.09.05 - 16:43

O inacreditável Nuno Godinho de Matos. Um fundador do PS, que trazia malas de dinheiro do Luxemburgo e entregava a Mário Soares*, e que aceitou ser um “acessório de esquerda” para disfarçar, e se calhar para abrir portas, no Conselho de Administração do BES. Um homem que nunca viu nada, nunca teve nenhuma dúvida a esclarecer, nunca abriu a boca e não se apercebeu de nada. Tudo em troca da simpatia de uma senha de presença de 42 mil euros por ano.

* “Numa das deslocações a Lisboa, salvo erro no Natal, o secretário-geral adjunto, que era um italiano, e o secretário-geral, que era um alemão, chamaram-me e disseram: toma esta pasta. Tem dinheiro, é para levares para o partido. Trouxe, cheguei, entreguei ao dr. Mário Soares. Pronto.”

Pergunta: que quer dizer esta entrevista de uma pessoa que trabalha com o advogado de Ricardo Salgado? Que a Caixa de Pandora vai ser aberta?

 

Link entrevista: http://www.ionline.pt/artigos/dinheiro/nuno-godinho-matos-seis-anos-entrei-mudo-saia-calado-bem-todos-os-administradores

Link CMVM: http://web3.cmvm.pt/sdi2004/emitentes/docs/CONV49590.pdf

 

Screen Shot 2014-09-05 at 13.07.56

Professor Associado da Universidade de Coimbra foi Presidente do Conselho de Administração do Coimbra Inovação Parque e Membro do Conselho Nacional para a Ciência e Tecnologia. Possui Mestrado em Física Tecnológica e Doutoramento em Robótica e Automação pela Universidade de Coimbra. É o Editor do jornal "Robótica". Autor de cinco livros na área da robótica e automação tendo publicado mais de 150 artigos científicos e tecnológicos.

Pub