«A essência do vinho, a excelência de uma boa companhia»

por Amélia Santos | 2015.03.17 - 16:00

 

Encontros… À nossa saúde!

No dia 28 de fevereiro compareci a um rendez-vous com a «Essência do vinho», no palácio da Bolsa no Porto. E, na companhia de amigos e de dois reconhecidos enófilos, fomos guiados pelas magníficas salas do palácio, ao mesmo tempo que nos davam a experimentar a excelência do mais sublime néctar. O ambiente que se criou (apesar do mar de gente…) era o de convivência prazenteira entre muitos jovens e outros mais maduros, tal como o tipo de evento exigia…

De facto, gostei muito de perceber que se trata de um mercado que em Portugal tem cada vez mais adeptos, tanto empresários como apreciadores. Alegra-me ver a iniciativa dos portugueses que não se deixam abater pelas crises que nos entram pela casa, pela vida e pela alma. Tão bom encontrar esperança no futuro, vontade de superar os obstáculos e otimismo no olhar. E este foi ambiente para brindar a todos os que não se deixam cair e que continuam caminho…

Com uma nota de poesia…

Imbuídos, e em-bebidos, deste espírito fomos entrando na atmosfera de júbilo e transportámo-nos para as belas paisagens do Douro, onde viajámos entre perfumes e aromas, ora terrosos, ora frescos e amadeirados. E navegámos nos rios, Douro, Dão e Sado… E calcorreámos as vinhas, da Bairrada à Beira interior, saboreando o contraste entre o doce e o ácido… E fomos Além-Tejo, adjetivando as sensações desencadeadas por cada nova experiência que ia sendo vivenciada, aquém-Tejo e Ribatejo, em secretas viagens – uma verdadeira explosão dos sentidos.

Leve, breve, Suave…

Áspero, encorpado e aveludado…

Seco, duro, frutado…

Amanteigado, Doce e macio…

Eis a poesia a ser convocada para a experiência do vinho, para a música que se ouve no rodopiar dos copos e que ecoa nas memórias poéticas associadas a fruta madura, ameixa e amora. E para os sorrisos que se soltam e saltam depois da sublime degustação. Porque desperta os sentidos e dispõe bem. Desencadeia prazeres e tempera a alma.

E… pelos vinhos de Portugal, eu vi tanta coisa linda, experimentei sabores sem igual… Ó gente da minha terra, só agora eu percebi que este bom gosto que tenho, foi de vós que o recebi…

Licenciatura em Estudos Portugueses pela FLUL (1996) Pós Graduação em Museologia pela FLUP (2008) Mestrado em Ensino do Espanhol pela UBI (2011)

Pub