Última criação de Tiago Guedes passa pelo Teatro Viriato

por Rua Direita | 2014.02.17 - 20:44

Passados cinco anos desde a sua última criação, Tiago Guedes regressa com Hoje. Consciente dos tempos conturbados de hoje, o coreógrafo constrói a sua composição a partir da ideia de um chão incerto, metáfora da contemporaneidade real. Em palco evoca-se instabilidade, manifestação, contestação, reivindicação, decisões conjuntas, mobilização e confrontação.

Hoje é um grupo que escuta o que está para além do espaço de ação, que adormece. Um grupo coeso, que sai para a rua, mas também terno e vulnerável. Um grupo que procura um ponto de apoio num terreno inconstante, movediço, que hoje o enterra, mas que amanhã o faz chegar mais alto.

“Empenhada no mundo de hoje, e a deixar respirar uma promissora geração de novos intérpretes, esta está entre a melhor dança portuguesa dos últimos anos; e sinaliza existir neste Portugal desesperançado uma vitalidade criativa em contraciclo a lembrar-nos do que podemos fazer quando tudo em redor parece desabar”, escreveu a crítica de dança Luísa Roubaud no Público.

Direção artística e construção coreográfica: Tiago Guedes

Assistência de direção artística: Pietro Romani

Desenho de luz e direção técnica: Carlos Ramos

Desenho de som: Lorenzo Senni

Interpretação e coreografia: Anaísa Lopes, Ângelo Cid Neto, António Onio, Jonas Lopes, Marcella Mancini, Marco da Silva Ferreira e Teresa Silva

Coprodução: Materiais Diversos, TNSJ (Porto), Culturgest (Lisboa), Teatro Virgínia (Torres Novas) e Centro Cultural Vila Flor (Guimarães)

sáb 21h30 | 60 min.
preço A: 10€ (plateia e camarotes) / 7,50€ (frisas frontais) / 5€ (frisas laterais)
// descontos aplicáveis
m/ 12 anos

Projecto na área da comunicação social digital, 24 horas por dia e 7 dias por semana dedicado ao distrito de Viseu

Pub