Teatro Viriato – “As You Like It”, de W. Shakespeare e Reportório Osório (música)

por Rua Direita | 2014.02.03 - 13:26


07 FEV

AS YOU LIKE IT/ COMO QUEIRAM

de WILLIAM SHAKESPEARE | encenação BEATRIZ BATARDA

 

sex 21h30 | 180 min. c/ intervalo.

preço B: 15€ (plateia e camarotes) / 10€ (frisas frontais) / 7,50€ (frisas laterais) // descontos aplicáveis

m/ 12 anos    ESPAÇO CRIANÇA DISPONÍVEL

 

Sobre uma tela em branco várias personagens, protagonizadas por um elenco repleto de nomes destacados do teatro português, vai construindo um mundo novo, camada sobre camada, esgotando a voz que exige respostas a todas as inquietudes.

Assim poderia ser, As You Like It / Como Queiram, um espetáculo despojado feito de pessoas sobre uma tela em branco. De uma corte escura, sombria e vazia de cor, fogem ou são expulsos os heróis, para se encontrarem na luz da floresta, território neutro e livre. Aqui na floresta de Arden (dita “ardem”, lugar onde as personagem podem arder ou reencontrar a chama da vida), através de Rosalinda todos são conduzidos às perguntas que os movem, e que nem livros, nem mentores parecem saber dar resposta. Livres de expectativas e preconceitos, no mundo da luz e da cor, jovens, menos jovens e maduros, encontram o caminho redentor de regresso a si, na sua maioria regressando ao principio, e outros provocando a rutura definitiva com o que lhes fora destinado.

 

Tradução Daniel Jonas Encenação Beatriz Batarda Espaço Cénico Arena Ensemble Figurinos José António Tenente

Música Original Pedro Moreira Desenho de Luz Nuno Meira Interpretação Bruno Nogueira, Carla Maciel, Leonor Salgueiro, Luísa Cruz, Marco Martins, Nuno Lopes, Romeu Costa, Rui Mendes, Sara Carinhas e Sérgio Praia Coprodução Arena Ensemble, S. Luiz Teatro Municipal, Teatro Nacional S. João e Centro Cultural Vila Flor

CAFÉ-CONCERTO/FOYER

12 FEV

REPORTÓRIO OSÓRIO

LUÍS FERNANDES, LUÍS CARDOSO e SÓNIA SOBRAL

 

qua 22h00 | 50 min.

preço único 2,50

m/ 16 anos

 

Reportório Osório é uma coleção de canções, aliando a escrita sagaz de Luís Fernandes à magistral música de Luís Cardoso. Um desfiar de histórias pessoais no masculino, quase sempre íntimas, do dilema ao dilúvio em poucas estrofes. O quotidiano das relações afetivas transformado em canções irónicas (para não lhes chamar heroicas), em que a teatralidade da interpretação só reforça o perfil de cada personagem. O resto são… canções, as mais belas canções de “umor”.

 

Voz, interpretação e letras Luís Fernandes Acordeão Sónia Sobral Músicas Luís Cardoso

Projecto na área da comunicação social digital, 24 horas por dia e 7 dias por semana dedicado ao distrito de Viseu

Pub