Tabuaço avança com Centro de Estudos e Promoção do Azeite do Douro

por Rua Direita | 2019.03.21 - 11:47

 

 

 

O CEPAD, entidade sem fins lucrativos, quer promover o azeite duriense, valorizar a sua produção e comercialização. Câmaras Municipais da Região, Empresas, Associações e Cooperativas compõem este Centro de Estudos cuja escritura pública para a sua oficialização está marcada para dia 11 de Abril, em Tabuaço.

 

Abril marca o arranque de um dos principais objectivos do Executivo da Câmara Municipal de Tabuaço, a criação de uma entidade que promova, valorize e potencie o estudo, produção e comercialização daquele que é, depois do vinho, o produto mais importante do Douro – o azeite.

O CEPAD – Centro de Estudos e Promoção do Azeite do Douro – cuja sede será em Tabuaço, pretende reunir várias entidades ligadas à produção do azeite na região e com capacidade para a sua promoção, divulgação e valorização. Autarcas e seus representantes, empresários e associações do ramo e ainda cooperativas estarão reunidas em Tabuaço, dia 11 de Abril, para a oficialização deste projecto que beneficiará e dará uma nova visão do Azeite enquanto produto de excelência do Douro.

Para Carlos Carvalho, Presidente da Câmara Municipal de Tabuaço, principal impulsionador na criação deste Centro, “o Azeite do Douro é um dos melhores do mundo mas ter a noção disto não chega num cenário onde a concorrência é imensa. É preciso, além de valorizar, estar na vanguarda da olivicultura e acompanhar a sua evolução através de novas formas de actuação, não descurando, no entanto, as características únicas do nosso azeite, que sempre estarão ligadas à tradição e à história das nossas gentes”.

Um dos principais objectivos deste Centro de Estudos, que visa também potenciar a investigação e divulgação de todas as acções técnicas-económicas, para o melhoramento da cultura da oliveira e do azeite, é promover a colocação e comercialização do azeite duriense nos mercados nacionais e internacionais, dando espaço também para os todos os associados e derivados da exploração olivícola, de modo a obter a sua máxima valorização e potenciar o seu valor económico e social.

Falar do CEPAD, de ora em diante, é falar de investigação, tecnologia, aperfeiçoamento, empreendedorismo e desenvolvimento, sempre com foco no melhoramento da cultura da oliveira e do azeite.

 

Projecto na área da comunicação social digital, 24 horas por dia e 7 dias por semana dedicado ao distrito de Viseu

Pub