Rosto gigante na parede do auditório municipal pintado no âmbito da Expodemo

por Rua Direita | 2016.09.21 - 21:13

 

 

Semblante rugado, olhar fixo no vazio e o cariz áspero de uma vida de trabalho agreste. São as marcas do rosto imenso que Daniel Eime, artista urbano, deixou para a posteridade numa das paredes laterais do auditório municipal padre Bento da Guia, em Moimenta da Beira.

Utilizou a técnica de stencil, pintando o rosto no âmbito da programação geral da Expodemo – Mostra de Produtos, Atividades e Serviço da Região que decorreu em Moimenta da Beira de 16 a 18 de setembro. Foi mais um ato de cultura do certame.

Daneil Eime, após a graduação em Cenografia, começou a trabalhar nesta área, mas desde 2011 que tem vivido exclusivamente para a arte de rua e pintura. Aprendeu o ofício nas ruas com a idade de 16 anos, começando como graffiti, seguido pela experimentação em vários métodos de expressão artística, incluindo o uso de adesivos e cartazes, culminando com a exploração atual de stencil. Esta técnica tem sido o núcleo das suas obras desde 2008, estando presente em todas as pinturas que produziu desde essa data.

Sendo reconhecido pelos seus murais de grande escala e stencils muito detalhados, as obras de Daniel Eime retratam personagens intrigantes que lançam olhares enigmáticos, muitas vezes combinados com elementos abstratos. As suas obras aspiram a captar o brilho interno das suas personagens, com cada linha nos seus rostos que contam a história das suas próprias vidas.

Participou em vários festivais de arte de rua e em exposições individuais e coletivas em todo o mundo.

 

RBondoso

Projecto na área da comunicação social digital, 24 horas por dia e 7 dias por semana dedicado ao distrito de Viseu

Pub