Revisitar a “Geografia Sentimental” de Aquilino Ribeiro

por Paulo Neto | 2015.03.18 - 18:22

 

 

Moimenta da Beira, Vila Nova de Paiva, Ferreira de Aves e Lapa. Roteiro de uma viagem que refaz o percurso que Aquilino Ribeiro traça no livro “Geografia Sentimental”, com leituras e dramatizações pelo Clube de Leitura da Biblioteca Escolar de Moimenta da Beira, este sábado, 21 de março, a partir das 9h30. Tudo no âmbito das Jornadas Literárias “Ler (n)o Douro/Ler (n)as Terras do Demo”. A participação é aberta ao público.

 

A viagem parte de Moimenta da Beira, rumo a Vila Nova de Paiva, a antiga Barrelas, onde haverá visita a cantos e recantos. Depois, Ferreira de Aves, já no concelho de Sátão, para apreciar o Convento da Fraga (século XVIII), onde Frei Joaquim de Santa Rosa de Viterbo viveu os últimos anos, vindo aqui a falecer. Ainda de manhã, paragem na Lapa com visita demorada ao Santuário e ao Colégio (Aquilino Ribeiro estudou aqui). Já depois de almoço, a viagem prossegue para a Soutosa de Aquilino. Na Fundação com o nome do escritor, haverá sessão de apresentação de trabalhos realizados no âmbito do curso de formação “Biblioteca Escolar e trabalho colaborativo para as Jornadas Literárias Ler (no) Douro”. E no fim, para encerrar a viagem, um Demo de honra e merenda aquiliniana.

 

O projecto das Jornadas Literárias Ler (no) Douro, da iniciativa da Coordenação Interconcelhia da Rede de Bibliotecas Escolares (concelhos de Armamar, Baião, Lamego, Moimenta da Beira, Penedono, Resende, São João da Pesqueira, Sernancelhe, Tabuaço e Tarouca), é desenvolvido colaborativamente pelas Bibliotecas Escolares e os docentes dos Agrupamentos com o apoio das Câmaras e Bibliotecas Municipais, dos Centros de Formação de Associação de Escolas, da Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares/Direção de Serviços da Região Norte, da Direção Regional da Cultura do Norte e de outros parceiros a nível local.

 

Rui Bondoso (Gabinete de Comunicação)