Arranca recuperação do antigo celeiro do Mosteiro de S. João de Tarouca

por Rua Direita | 2014.03.07 - 12:25

Arrancou a recuperação do espaço que vai receber o futuro Centro Interpretativo do Mosteiro de São João de Tarouca. A obra na Casa da Tulha, antigo celeiro monástico, irá possibilitar a abertura em pleno da área arqueológica já musealizada.

Parte integrante do complexo monástico, a Casa da Tulha, datada de 1787, é composta por três pisos, o que faz desta dependência uma das maiores do género em Portugal.

Além do Centro Interpretativo, que permitirá aos visitantes observar a reconstituição em três dimensões do edificado que outrora o Mosteiro de São João de Tarouca foi, acolherá também a receção, loja e auditório.

Projecto na área da comunicação social digital, 24 horas por dia e 7 dias por semana dedicado ao distrito de Viseu

Pub