Teatro Viriato apresenta Oficina Novo Circo

por Rua Direita | 2014.01.20 - 18:05

A propósito da apresentação de Circuits Fermés, Guillaume Martinet, da companhia deFracto orienta uma oficina de exploração do malabarismo rítmico e estilizado que os caracteriza.

Além de promover a partilha da abordagem própria desta jovem companhia, esta proposta visa difundir várias noções associadas à prática do novo circo, contribuindo para a descoberta desta área disciplinar que o Teatro Viriato tem procurado promover.

A exploração da noção de tempo, a aquisição da consciência das capacidades do corpo e a construção de uma expressão gestual abstrata através do envolvimento dos participantes numa dinâmica criativa assente na aprendizagem de técnicas fundamentais é a estratégia seguida por Guillaume Martinet nos vários exercícios propostos, alicerçados na intenção de construção de um espaço “vivo”.

22 e 23 JAN

A TÉCNICA AO SERVIÇO DA EXPRESSÃO

orientação GUILLAUME MARTINET | COMPAGNIE DEFRACTO

qua e qui 19h30 às 22h30

público-alvo interessados em técnicas circenses (m/ 16 anos)

lotação 15 participantes

preço 15 // s/ descontos

 

NOVO CIRCO

24 e 25 JAN

CIRCUITS FERMÉS

COMPAGNIE DEFRACTO

 

sex e sáb 21h30 | 60 min. aprox.

preço A: 10 (plateia e camarotes) / 7,50 (frisas frontais) / 5 (frisas laterais)

// descontos aplicáveis

m/ 5 anos

Reconhecida pelo programa Jeunes Talents Cirque Europe (2010), um dos maiores promotores de novos artistas na área do novo circo, Circuits Fermés é uma peça marcada por uma linguagem alicerçada no malabarismo e no corpo, que retrata as relações de codependência que, em sociedade, os indivíduos desenvolvem entre si. Em palco, dois intérpretes envolvem-se num circuito fechado, governado pelas suas próprias regras de operação e lógica interna.

DeFracto é uma nova companhia de artes performativas, dedicada ao malabarismo e centrada na criação de impressões visuais, padrões abstratos feitos de pontos, de linhas e de objetos em movimento. Um trabalho que se preocupa principalmente com a composição no espaço e no tempo.

 

Direção e interpretação Guillaume Martinet e Minh Tam Kaplan

Desenho de som David Maillard

Consultoria artística Audrey Jacquiot

Desenho de luz Dominique Maréchal

Cenografia Marie O Roux

Produção Compagnie deFracto

 

Circuits Fermés é um dos projetos do Jeunes Talents Cirque Europe 2009-2010

Projecto na área da comunicação social digital, 24 horas por dia e 7 dias por semana dedicado ao distrito de Viseu

Pub