Município de Tondela promoveu colóquio sobre apoios para a agricultura

por Rua Direita | 2014.03.27 - 13:43

A Câmara Municipal de Tondela realizou, no dia 21 de março, no Auditório Municipal, um colóquio subordinado ao tema “Apoios para a Agricultura para o ano de 2014″.

Esta ação contou com a presença do Presidente da Câmara, Dr. José António Jesus, dos vereadores Pedro Adão, Dr. Miguel Rodrigues e José Carlos Coimbra, de Fernando Gonçalves, Técnico da CONFAGRI (Confederação da Agricultura Portuguesa), do Presidente da União de Freguesias Tondela-Nandufe, José Manuel Mendes, e ainda da Dr.ª Rosário Teixeira, em representação do IEFP.

O colóquio teve início com a intervenção do Técnico da CONFAGRI, Fernando Gonçalves, que abordou a questão dos apoios para a agricultura, enquadrados no novo quadro de apoio comunitário, salientando alguns apoios específicos para Tondela, dada a localização de algumas freguesias do concelho.

Seguiu-se a entrega de diplomas aos participantes nas ações de formação Hortinhas Solidárias e Aplicação de Produtos Fitofarmacêuticos 2013, promovidas pelo Gabinete de Apoio ao Agricultor do Município em colaboração com a Confagri.

Encerrou o colóquio o Presidente da Câmara, Dr. José António Jesus, que salientou a criação, por este executivo camarário, do novo pelouro do desenvolvimento rural, relembrando também os objetivos que estiveram na génese do Gabinete de Apoio ao Agricultor. Este Gabinete é o local privilegiado para os agricultores poderem obter apoios, esclarecer dúvidas, realizar projetos e fazer formação.

O Presidente do Município salientou ainda que “a valorização do nosso território passará, muito também, pela capacidade de nós olharmos de forma diferente para três sectores vitais, como sejam a floresta, a agricultura e a pecuária. O cruzamento destes três sectores, é determinante para que tenhamos uma nova perspetiva de olhar o território, mas sobretudo de valorizarmos aquilo que nos torna diferentes e que nos pode dar valor acrescentado”.

Acrescentou também que o Município pretende “ olhar para o setor da agricultura e para a produção que lhe está associada, numa perspetiva de dar valor não só ao setor da produção, mas acima de tudo também darmos um enfoque especial para a comercialização”.

Para tal, o Município está a desenvolver, sob a área de competência do vereador Pedro Adão, “uma cooperativa que não pretende ser mais do que um instrumento facilitador para que, pequenas áreas de produção possam ter canais próprios que valorizem essa produção e que acima de tudo lhe deem valor em termos da economia local”, esclareceu.

Por fim, reafirmou a determinação do Município em constituir-se como agente facilitador de todas as ações que contribuam para o desenvolvimento do setor agrícola e de todo o setor produtivo concelhio, atraindo jovens empreendedores, contribuindo para a criação de oportunidades de emprego e de negócio, gerando, consequentemente, riqueza económica e valor acrescentado para o território.

Projecto na área da comunicação social digital, 24 horas por dia e 7 dias por semana dedicado ao distrito de Viseu

Pub