Mangualde vê aprovadas 5 candidaturas de valor superior a 5 milhões de euros

por Rua Direita | 2016.12.21 - 10:10

 

 

A autarquia de Mangualde obteve, até agora, aprovação de financiamento de fundos comunitários no POSEUR para cinco candidaturas no valor total de 5.154.261€. O programa operacional abrange um conjunto de temáticas na sustentabilidade e na eficiência do uso de recursos. Mangualde já tinha visto a aprovação da futura ETAR de Mangualde, no valor aproximado de 3 milhões de euros, bem como da candidatura à Elaboração de um Cadastro das Infraestruturas Existentes nos Sistemas de Abastecimento de Água e  de Águas Residuais no Município de Mangualde, no valor que ronda os 200 mil euros.

No final do mês de novembro viu aprovada nova candidatura no valor aproximado de 800 mil euros para a Modernização dos Sistemas de Rede Adutora de Abastecimento de Água no Município de Mangualde. A estas duas candidaturas juntam-se mais duas aprovadas para o município de Mangualde no valor de 750 mil euros, submetidas pela Associação do Planalto Beirão e EDM – Empresa de Desenvolvimento Mineiro SA que visam o Incremento da Qualidade e da Quantidade da Reciclagem dos 3 Fluxos (3F) Multimateriais e a Recuperação Ambiental das Antigas Áreas Mineiras de Castelejo, Formiga, Vale de Videira, Vales e Póvoa de Cervães, respetivamente.

 

INVESTIMENTO E CANDIDATURAS AO POSEUR PODEM CHEGAR A CURTO PRAZO AOS 8 MILHOES DE EUROS

«Trata-se do maior investimento de sempre em infraestruturas no concelho de Mangualde» – João Azevedo

Para o Presidente da Câmara Municipal, João Azevedo, «trata-se do maior investimento de sempre em infraestruturas no concelho de Mangualde. Vamos tratar dos problemas das populações nomeadamente no tratamento das águas residuais no concelho, na melhoria do abastecimento de água, no ambiente e na modernização das redes de Abastecimento de Água e de Águas Residuais para uma melhor eficiência e sustentabilidade».

João Azevedo afirma ainda que «as candidaturas não ficarão por aqui. Está ainda em análise uma outra candidatura no valor aproximado de um milhão de euros, que esperemos que seja aprovada no tratamento de águas residuais e estamos a trabalhar para a candidatura de um conjunto de microssistemas de tratamento de Águas Residuais no valor global de 1,5 milhões de euros».

«O investimento no ciclo da água é fundamental para resolver graves problemas ambientais que existem no concelho. Perdeu-se uma oportunidade de ouro no passado e hoje pagamos a fatura dessa inoperância. Queremos agora resolver rapidamente os problemas dos mangualdenses e esta é a oportunidade que esperávamos para o fazer», sublinha o edil mangualdense.

 

 

Sofia Monteiro

Projecto na área da comunicação social digital, 24 horas por dia e 7 dias por semana dedicado ao distrito de Viseu

Pub