Mangualde preserva património

por Rua Direita | 2014.06.23 - 17:19

Os Forais outorgados por Dom Manuel ao concelho de Azurara e ao concelho de Tavares, em 1514, propriedade da Câmara Municipal de Mangualde, foram, recentemente, objecto de intervenção de restauro e conservação. Estas cartas de foral já se encontram novamente à guarda do Município.

A iniciativa foi da autarquia mangualdense, através do Gabinete de Gestão e Programação do Património e Cultura, e demonstra o zelo pelo passado histórico desta terra. Aqueles documentos históricos, que assinalam, este ano, os 500 anos de existência, foram intervencionados em Coimbra por uma restauradora/ conservadora especialista no assunto.

Os Forais de Dom Manuel são diplomados importantes, pois, longe do carácter de reconhecimento das populações e dos seus direitos e obrigações, e de consolidação de um território e de um reino, como os da Idade Média, pretendiam implementar políticas de uniformização e de ordenamento jurídico do território, assim como a regulamentação dos direitos e deveres tributários perante a Coroa ou para com os donatários.

Projecto na área da comunicação social digital, 24 horas por dia e 7 dias por semana dedicado ao distrito de Viseu

Pub