Mangualde – Refrigerantes Condestável

por Rua Direita | 2017.01.16 - 13:12

«Mangualde, o nosso património!»

REFRIGERANTES CONDESTÁVEL…

PATRIMÓNIO MANGUALDENSE CONTINUA A SER LEMBRADO

 

A campanha «Mangualde, o nosso património!» continua em 2017 e neste arranque tem os Refrigerantes Condestável… de Abrunhosa do Mato como campanha de janeiro. A iniciativa da Câmara Municipal de Mangualde tem como objetivo continuar a aproximar a população do património mangualdense, dando a conhecer o vasto património do concelho.

 

REFRIGERANTES CONDESTÁVEL…Abrunhosa do Mato

No rés-do-chão de um edifício, actualmente de habitação, na zona do Castelo, em Abrunhosa do Mato, esteve instalada, entre os anos de 1954 e 1990, a fábrica de Refrigerantes Condestável. A empresa foi fundada pela Sociedade Irmãos Abrantes. Em Fevereiro de 1971, é adquirida por Cândido Fernandes e Arlindo Correia e em Junho encontra-se na posse plena do primeiro, não perdendo, até à sua extinção, a configuração organizacional de empresa familiar.

Dotada de uma linha semi-automática de engarrafamento e auto-suficiente no abastecimento de água, produziu pirolitos e laranjadas distribuídos em pequenas garrafas de vidro pirogravadas e também em garrafas com rótulos de papel. O fabrico de gasosa e de laranjada, fornecidos em garrafas de 1L, teve início naquele ano de 1971. Com mercado à escala local e regional, expandiu com agentes em Celorico da Beira, Tábua, Coimbra e Vila Nova de Foz Côa.

Lançada numa época favorável à industrialização de Portugal, devido ao lançamento do I Plano de Fomento (1953-1958) do Estado Novo, e defendida da concorrência externa pelas políticas económicas protecionistas daquele regime político, a fábrica encerra em 1990, em plena liberalização da concorrência e do mercado, pela adesão de Portugal à CEE.

É de realçar o facto de a imagem publicitária – o Santo Condestável D. Nuno Álvares Pereira – e o nome da marca remeterem para o imaginário do nacionalismo conservador português. Sob o lema “Se quer ser saudável, beba Refrigerantes Condestável”, durante cerca de 36 anos, a fábrica de Refrigerantes Condestável constituiu-se no mais icónico marco industrial de Abrunhosa do Mato, integrando os inícios do processo de industrialização que no território concelhio se verificava sobretudo em Mangualde.

António Tavares

Gestão e Programação do Património Cultural – CMM

 

Com esta campanha todos ficam mais próximos do vasto esplendor patrimonial do nosso concelho. Nesse sentido, continua a ser colocada, em vários pontos de encontro do concelho, informação sobre o monumento/património apresentado. O património material e imaterial vai sendo apresentado consoante a categoria com a qual foi classificado: arqueologia, pelourinhos, fontes, palacetes e religiosos, bem como outros bens patrimoniais. Cada categoria será representada por uma cor que a distingue das restantes.

Foram já vários os bens patrimoniais destacados por esta campanha nos últimos três anos. Deixamos de seguida apenas alguns exemplos. Em maio último destacamos a Igreja de São Silvestre de Pinheiro de Baixo e de Cima e Picota: tecnologia antiga, no mês de junho, os Vestígios de Outrora: Vila Nova de Espinho, em agosto Paredes que falam da História, em setembro o Santo António dos Cabaços. As últimas campanhas contemplaram a Arquitectura modernista em Mangualde, Tribunal de Mangualde e Português Suave.

 

 

 

 

Sofia Monteiro

Projecto na área da comunicação social digital, 24 horas por dia e 7 dias por semana dedicado ao distrito de Viseu

Pub