Mangualde: AGENTES DA PROTEÇÃO CIVIL REÚNEM PARA MELHORAR ARTICULAÇÃO DOS SERVIÇOS

por Rua Direita | 2015.01.22 - 16:18

 

 

A colaboração e o bom relacionamento institucional  é fundamental para a diminuição da área ardida e redução do número de ignições.

Decorreu no dia 19 de janeiro, no auditório da Câmara Municipal de Mangualde, uma reunião com o objetivo de melhorar a articulação dos vários serviços levados a cabo pelos agentes de proteção civil do concelho de Mangualde. No encontro marcou presença o Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, João Azevedo, o comandante distrital de proteção civil (CODIS Viseu) Tenente Coronel Campos, o responsável pela área da prevenção estrutural no Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas – Centro, Rui Pedro, em representação do Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente o Sargento Aguiar , do Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro da GNR, Sargento -Ajudante Olival, o Presidente e o Adjunto do Comando da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários Mangualdenses, João Soares e Márcio Teles, respetivamente, e o Comandante Operacional Municipal e Responsável pelo Gabinete Técnico Florestal da autarquia, Pedro Amaral.

 

A colaboração e o bom relacionamento institucional entre os vários agentes de proteção civil deve ser trabalhado continuamente ao longo de todo o ano, para que estejam reunidas as melhores condições tendo como finalidade a diminuição da área ardida e redução do número de ignições. Para ir de encontro a esse objetivo, na reunião foram abordados assuntos relacionados com a defesa da floresta contra incêndios (DFCI), tendo sido explicado aos Presidentes de Junta de Freguesia que o Sistema Nacional de Defesa da Floresta contra Incêndios (SNDFCI) assenta em três pilares centrais: prevenção estrutural, vigilância, deteção e fiscalização e combate e rescaldo e vigilância pós-incêndio. Foi ainda reforçado o papel de cada um dos agentes envolvidos e da sua importância. No final os Presidentes de Junta tiveram a oportunidade de esclarecer as suas dúvidas e preocupações, sendo que são um elemento fundamental no conhecimento do território e das suas especificidades.

 

É de salientar que a autarquia mangualdense prestará todo o apoio necessário aos vários agentes de proteção civil, através da contínua beneficiação de acessos florestais, faixas de gestão de combustível, operacionalização da equipa de sapadores florestais e colaboração nas ações de sensibilização coordenadas pela GNR.

A primeira intervenção e o combate aos incêndios florestais estarão a cargo dos Bombeiros Voluntário de Mangualde.

 

 

Sofia Monteiro

Projecto na área da comunicação social digital, 24 horas por dia e 7 dias por semana dedicado ao distrito de Viseu

Pub