Mais de1000 pessoas na 25ª edição do “Mangualde Hard Metal Fest”

por Rua Direita | 2019.01.14 - 18:23

 

Festival de Rock, o primeiro de 2019 em Portugal, atraiu pessoas de Portugal e da Europa

 

Este sábado, 12 de janeiro, o Centro Recreativo e Cultural de Santo André, em Mangualde, encheu para o “Mangualde Hard Metal Fest”, o 1º festival de Rock de 2019 em Portugal.  Mais de 1000 pessoas, de Portugal e de vários pontos da Europa, assistiram à 25ª edição do festival que trouxe a Mangualde 11 bandas, de cariz nacional e internacional.

O autarca de Mangualde, João Azevedo, como habitualmente, marcou presença no Festival. “É um festival alternativo que traz muita gente a Mangualde, dinamiza a economia local e promove Mangualde. A organização está de parabéns. Celebrar os 25 anos de um festival é sinónimo de dedicação e sucesso.”, atenta o Presidente.

 

O evento, considerado um dos dez festivais de Metal indoor mais antigos do mundo e o mais antigo em Portugal, juntou em Mangualde nomes consagrados do Hard Metal. Os músicos CHRIS HOLMES, dos USA, STEVE GRIMMETT, o mítico vocalista dos GRIM REAPER da NWOBHM, de Inglaterra, e os alemães NIGHT IN GALES foram estreias no festival e em Portugal. O festival contou ainda com atuações de GAMA BOMB, da Irlanda, AGRESSOR, da França, dos galegos BALMOG e dos portugueses IRONSWORD, BASALTO, AFFAIRE, DARK OATH e ANALEPSY.

 

É um desafio organizar este evento no interior do país, cada vez mais desertificado, mas que já conquistou o seu público e há, por exemplo, emigrantes, que tiram férias nesta altura para estarem no festival de terras de Azurara. Temos o nosso público desde sempre, estamos a conquistar novos fãs e vêm pessoas de todo o país e de Espanha, temos os emigrantes e, por exemplo, do Porto, já é costume organizarem, pelo menos, um autocarro para participarem no festival”, contou José Rocha, da Rocha Produções, entidade organizadora do festival que contou com o apoio do Município de Mangualde.

 

Em 2018

Na edição de 2018 participaram 13 bandas: cinco estrangeiras e oito nacionais – Acid Reign, Tokyo Blade (ambas do Reino Unido), God Macabre (Suécia), Picture (Holanda, Panychida (República Checa) e as bandas portuguesas Holocausto Canibal, Revolution Within, Irae, Bleeding Display, Mr. Miyagi, Antivoid, Rotten Rights e Zurrapa.

Este Festival surgiu em 1997, com o nome Festival de Heavy Metal de Mangualde, e decorria no antigo ciclo preparatório de Mangualde.

 

Sofia Monteiro

Projecto na área da comunicação social digital, 24 horas por dia e 7 dias por semana dedicado ao distrito de Viseu

Pub