Há palavras que beijam – Uma compota de Poesia

por Rua Direita | 2017.03.14 - 13:24

 

SEXTA DA LUA DEDICADA AO DIA MUNDIAL DA POESIA

31 DE MARÇO, 21H00, ENTRADA LIVRE

 

 

A Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves em Mangualde, desafia-o a vir experimentar ‘Há palavras que os beijam: Uma Compota de Poesia’, encenada pelo grupo de teatro Língua de Trapo, no dia 31 de março, às 21h00. Inserida em mais uma edição do ‘Sextas da Lua’ assinala as comemorações do Dia Mundial da Poesia.

Devido ao elevado teor emocional, aconselha-se uma compota de poesia, 3 a 4 vezes por semana. Um consumidor assíduo descobrirá o sentido oculto das palavras e perceberá que a poesia pode tomar a forma de teatro, dança, canto … Não tem efeitos secundários perniciosos, mas atenção: causa habituação. Venha experimentar esta compota, sem qualquer compromisso! Em cada espetáculo, 2 atores dramatizam poemas de Fernando Pessoa.

Sob Direção Artística do Teatro Língua de Trapo, os textos são retirados da Poesia de Fernando Pessoa e heterónimos com encenação de Paula Antunes. Do elenco fazem parte Ana Videira, Francisco Gomes, Hugo Baptista, Natacha de Noronha e Pedro A. Rodrigues. A Direção Musical e Sonoplastia está a cargo de Hugo Baptista, o Desenho de Luz e Operação Técnica, de Ricardo Ladeira, a Imagem Promocional, de Pedro Miguel Sousa e a Produção e Comunicação, de Bruna Pereira.

 

 

 

Sofia Monteiro

Projecto na área da comunicação social digital, 24 horas por dia e 7 dias por semana dedicado ao distrito de Viseu

Pub