Fotos inéditas da construção da Barragem de Vilar, entre 1958 e 1965

por Rua Direita | 2017.02.24 - 14:01

 

 

São três fotos raras da construção da Barragem de Vilar, erguida entre 1958 (início) e 1965 (inauguração) num troço do rio Távora perto da aldeia de Vilar, Moimenta da Beira, e da freguesia de Fonte Arcada, Sernancelhe. As três imagens, a preto e branco, pertencem ao espólio da APA/IST, e foram tornadas públicas pela “H2O 1001 – Mil e uma Águas”.

O promotor da obra foi a Companhia Portuguesa de Produção de Eletricidade, SA; a projetista, a Hidro Elétrica do Douro; e a construtora, a “Luso – Dana, Ldª”. O ano de projeto, 1958; e o da conclusão e inauguração, pelo então Presidente da República almirante Américo Tomaz, 1965.

A Barragem de Vilar serve para criar uma albufeira, que para além de regularizar os caudais deste rio serve para abastecer de água a central hidroelétrica de Tabuaço (destinada à produção de energia elétrica), que fica a cerca de 5 km da vila com o mesmo nome, Tabuaço. Serve ainda para fins turísticos, existindo perto da povoação de Vilar, uma praia fluvial classificada.

Possui uma altura de 58 m acima da fundação (55 m acima do terreno natural) e um comprimento de coroamento de 240 m. A capacidade instalada de produção de energia elétrica é de 58 MW. A albufeira de Vilar é também utilizada atualmente para a captação de água destinada ao abastecimento público de diversos municípios da região.
Rui Bondoso
(Gabinete de Comunicação)

Projecto na área da comunicação social digital, 24 horas por dia e 7 dias por semana dedicado ao distrito de Viseu

Pub