Filho de Júlio Pereira grava vozes de Leomil e Sever

por Rua Direita | 2014.07.14 - 12:26

Andam de terra em terra, em busca de sons, de letras e músicas ‘escondidas’, e gravam em vídeo esse património imaterial riquíssimo (e único), para depois o tornar público em programas de rádio (também de televisão) e nas páginas da internet.

“A música portuguesa a gostar dela própria” é o nome do projecto criado por Tiago Pereira, filho de Júlio Pereira, esse mesmo, o do ‘cavaquinho’, um projecto com três objectivos à cabeça: Celebrar a maravilhosa variedade da música portuguesa, trazê-la para a rua, divulga-la com o autor, gostar dela e aumentar-lhe o ego.

Além de Tiago Pereira, a equipa integra ainda Tiago Cação (comunicação), Sofia Matias (produtora), Ana Cláudia Silva (coordenadora) e Telma Morna (realizadora).

Esta quinta-feira, 10 de julho, gravaram vozes de gente de Leomil e Sever, Moimenta da Beira. Tiago Pereira, o mentor do projecto, descreve assim o momento: “Ontem em Leomil, Moimenta da Beira, conseguimos gravar estes três maravilhosos senhores: Osmarina, Herculano e Francisco. Muito obrigado por me terem mostrado que esta cultura está viva e é alegre. Combato sempre a ideia da velhice triste e moribunda. E isto não é folclore são pessoas. Foi talvez das coisas mais belas de sempre e por mais que insista não há forma de me fazer entender. A quantidade de práticas musicais vivas ainda hoje é de tal forma que estamos sempre a surpreender-nos e eu ando no terreno, saio da cidade, faço 30 dias seguidos de trabalho de campo e depois descanso 4 e faço outros 10 e por aí adiante. Cada vez gravo mais e cada vez me surpreendo mais”.

Visualize o vídeo em:

Projecto na área da comunicação social digital, 24 horas por dia e 7 dias por semana dedicado ao distrito de Viseu

Pub