Fez 100 anos e tem saúde para ‘dar e vender’

por Rua Direita | 2016.02.23 - 20:40

 

 

Fez 100 anos esta terça-feira, 23 de fevereiro, mas a festa de aniversário só vai ser celebrada no sábado, com a família e os amigos. Celeste Pinto nasceu em Nagosa, Moimenta da Beira, ainda decorria a Grande Guerra 1914/1918. É uma ‘guerreira’, cheia de saúde, saúde para ‘dar e vender’. Não sabe o que é estar doente. A única vez que foi a um hospital “foi por uma picada de um bicho”, lembra o neto André Trindade de Sousa, que é presidente da União de Freguesias de Paradinha e Nagosa.

Celeste Pinto continua lúcida, irradia felicidade e não parece nada ter a idade que tem. Não faz dieta, nem tem restrições alimentares impostas. Desce e sobe escadas e tem um nível de mobilidade muito aceitável para a idade. Ficou viúva cedo (há 63 anos) e por isso criou sozinha os quatro filhos, o mais velho já conta 80 anos. Trabalhou sempre no campo, no duro, às vezes noite e dia.

Neste dia de aniversário já recebeu muitos parabéns e desejos de mais anos de vida. Parabéns!

 

Rui Bondoso

Projecto na área da comunicação social digital, 24 horas por dia e 7 dias por semana dedicado ao distrito de Viseu

Pub