Duzentas peças de lixo electrónico em exposição na Superior de Tecnologia

por Rua Direita | 2014.02.18 - 09:31

Dar a conhecer os artistas plásticos da região, valorizar e reconhecer o seu valor enquanto criadores e divulgar a sua obra enquanto fonte de inspiração e enriquecimento são os objectivos primordiais que estão na génese da ideia de expor cerca de 200 peças de  “Lixo Electrónico” de Aurélio Silva, evento organizado pela biblioteca da Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Viseu (ESTGV).

Aurélio Silva, artesão viseense, de 73 anos,  dedica os seus dias a transformar sucata eletrónica em obras de arte. Desde transportes, desporto, religião, faz de tudo um pouco e já tem cerca de mil obras na sua coleção particular.

A exposição, que conta com 205 peças, está patente ao público até ao próximo dia 7 de março na Biblioteca da ESTGV.

Projecto na área da comunicação social digital, 24 horas por dia e 7 dias por semana dedicado ao distrito de Viseu

Pub