Estúdio na biblioteca municipal de Mangualde deu a conhecer o mundo da rádio

por Rua Direita | 2014.02.17 - 14:05

De forma a assinalar o Dia Mundial da Rádio, a Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves, em Mangualde, acolheu na passada quinta-feira, 13 de fevereiro, um estúdio de rádio improvisado. A iniciativa foi promovida pela autarquia mangualdense e contou com a participação de João Lopes, Vereador da Cultura da Câmara Municipal de Mangualde e ex-radialista.

Pelas 15h30 e 16h30, Liliana Carona, jornalista do Grupo Renascença, e António Arede, jornalista (iniciou a sua atividade profissional na Rádio Altitude da Guarda e na Rádio Renascença, passou ainda pela Radiodifusão Portuguesa, Rádio Clube Português e recentemente pela M80), deram o testemunho da sua vivência ligada à rádio. A iniciativa contou ainda com a participação de alunos do Agrupamento de Escolas de Mangualde (duas turmas do 6º ano, uma do 8º e uma do 10º) que ficaram a conhecer o mundo da rádio, um pouco da sua história e da sua importância ao longo dos tempos e tiveram a oportunidade de experimentar os equipamentos disponíveis para transmitir a emissão. À conversa com os jovens estiveram, no período da manhã, os técnicos da Biblioteca Municipal que partilharam a sua prática nesta área. Os alunos participaram ativamente nas sessões através da leitura de prosa e poesia, passando música e simulando casos de diretos e entrevistas de rádio.

Celebrado, anualmente, a 13 de fevereiro, o dia Mundial da Rádio foi instituído pela UNESCO, em 2011, de forma a assinalar o dia em que a United Nations Radio emitiu pela primeira vez, em 1946, um programa em simultâneo para um grupo de seis países.

Projecto na área da comunicação social digital, 24 horas por dia e 7 dias por semana dedicado ao distrito de Viseu

Pub