EPI – “Integração escolar e laboral” nas Jornadas de Epilepsia

por Rua Direita | 2015.03.03 - 16:31

 

Os aspectos clínicos da epilepsia na criança e no adulto, os modos de actuação em crises epilépticas, as questões sociais e legais da doença e os desafios na integração escolar e laboral vão estar no centro da oitava edição das EPI Jornadas de Epilepsia, que decorrem no próximo dia 11 de Março, no Auditório da Escola Superior de Enfermagem de Coimbra, numa iniciativa que conta com a presença de Francisco Sales, presidente da Liga Portuguesa Contra Epilepsia (LPCE), e José da Graça, presidente da Associação Portuguesa de Familiares, Amigos e Pessoas com Epilepsia (EPI).

Organizado pela EPI, em parceria com a LPCE, o debate leva até Coimbra um painel de especialistas em áreas da Neurologia, Neuropediatria, Direito, Ensino e Emprego. Terá como tema principal “Epilepsia é mais do que ter crises – Da escola ao emprego”, com o objectivo de informar e formar os destinatários sobre aspectos clínicos e psicológicos e questões sociais inerentes à intervenção e acompanhamento da pessoa com epilepsia e da sua família.

“Os aspectos clínicos da epilepsia na criança” (Dra. Cristina Pereira, Neuropediatra), os “Aspectos clínicos da epilepsia no adulto (Dra. Rute Teotónio, Neurologista), os “Aspectos sociais e legais da epilepsia” (Dr. Luís Cardoso Rocha, Jurista), o “Impacto neuropsicológico da epilepsia” (Dra. Ana Filipa Lopes, Neuropsicóloga) e a “Epilepsia e integração laboral: Que desafios?” (representante do Centro de Emprego de Coimbra) serão alguns dos temas que estarão em discussão no evento, durante o qual o presidente do Centro de Emprego de Coimbra abordará a questão dos direitos, liberdades e garantias de todos aqueles que são afectados pela epilepsia.

A importância deste debate é tão mais premente quando se sabe que existem em Portugal cerca de 60 mil pessoas com epilepsia, sendo que a cada ano surgem 50 novos doentes por cada 100 mil pessoas, que no seu dia-a-dia se vêem confrontados com a incompreensão que ainda rodeia esta patologia, seja no local de trabalho ou na impossibilidade de acesso ao emprego, em actividades de lazer ou na simples interacção social.

Um dos pontos altos destas jornadas será ainda a visualização do vídeo da campanha “Epilepsia é mais do que ter crises”, que conta com uma mensagem de Athanasios Covanis, Presidente do International Bureau for Epilepsy (IBE).

As EPI-Jornadas constituem um evento informativo e formativo de interesse para vários profissionais com vista à melhoria de respostas de saúde e de integração psicossocial da pessoa com epilepsia, bem como, diminuir o impacto de ideias erróneas sobre a doença na qualidade de vida da pessoa com epilepsia.

Projecto na área da comunicação social digital, 24 horas por dia e 7 dias por semana dedicado ao distrito de Viseu

Pub