Enfermeiros partilham avanços da investigação para melhores cuidados aos cidadãos

por Rua Direita | 2014.01.20 - 10:26

A partilha dos mais recentes avanços na investigação, para os transformar em prática no cuidar dos cidadãos, é objetivo de um encontro nacional de enfermeiros especialistas em enfermagem médico-cirúrgica, a decorrer em Coimbra a 24 e 25 do corrente.

O evento, que reunirá cerca de três centenas de participantes, irá decorrer no Pólo A da Escola Superior de Enfermagem de Coimbra.

Para o Presidente da Mesa do Colégio da Especialidade de Enfermagem Médico- Cirúrgica da Ordem dos Enfermeiros (OE), que organiza o encontro, este “é um momento propício ao crescimento dos enfermeiros”, por ser uma oportunidade de partilha daquilo que vêm produzindo.

“Os enfermeiros envolvem-se frequentemente em investigação, em projetos inovadores, mas também frequentemente os resultados deste desenvolvimento ficam reduzidos a um relatório para uma escola, a uma tese de mestrado, a um relatório para um hospital, e este saber não se traduz em resultados se não houver transferibilidade para a prática”, observa o Enfº José Carlos Martins.

No entendimento deste responsável, que igualmente é professor na Escola Superior de Enfermagem de Coimbra, “só é possível conseguir transferibilidade para a prática se houver divulgação à comunidade de utilizadores, para que possam incorporar este novo conhecimento na sua prática”, com os utentes.

“Se queremos esta capacidade de uma prática mais baseada em evidências científicas temos de ter momentos de partilha, de divulgação, porque só assim é que conseguimos a transferência para os contextos clínicos”, acentua o Presidente da Mesa do Colégio da Especialidade de Enfermagem Médico Cirúrgica da Ordem dos Enfermeiros (OE).

Neste encontro os participantes irão debater temas como a segurança do utente e qualidade dos cuidados, sistemas de informação e continuidade dos cuidados, relação, comunicação e informação, gestão dos cuidados, formação para melhores práticas, a prática especializada à pessoa em situação crítica e a prática especializada à pessoa com doença crónica e em fim de vida.

O 2º Encontro dos Enfermeiros Especialistas em Enfermagem Médico-Cirúrgica está organizado em cinco painéis temáticos e três conferências, integrando ainda uma reunião com associações e sociedades de enfermagem e, na tarde do dia 25, a Assembleia do Colégio da Especialidade da OE.

A Conferência Inaugural está a cargo do Presidente do Conselho de Enfermagem da OE, Enfº José Carlos Gomes, que abordará a passagem para o novo Modelo de Desenvolvimento Profissional (MDP), que prevê o surgimento de duas novas especialidades, a Especialidade à Pessoa em Situação Crítica e a Especialidade da Enfermagem à Pessoa em Situação Crónica e Paliativa.

Caberá ao Bastonário da OE, Enfº Germano Couto, proferir uma conferência subordinada ao tema “O Enfermeiro Especialista na prática clínica: Importância política, estratégica e para a qualidade dos cuidados”, que terá lugar após a Abertura Solene, marcada para as 11:45 do dia 24.

Na sessão de abertura participarão ainda como oradores, além do Bastonário, os Presidentes do Conselho de Enfermagem e do Colégio da Especialidade, bem como a Presidente do Conselho Diretivo Regional da Secção Regional do Centro, Enfª Isabel Oliveira.

A Assembleia do Colégio da Especialidade de Enfermagem Médico-Cirúrgica, um dos maiores da OE, com cerca de 2.200 membros, além da aprovação do plano e relatório de atividades, irá discutir planos formativos e padrões de qualidade das especialidades do novo MDP.

Na reunião com as associações e sociedades profissionais da enfermagem, o Colégio pretende perspetivar trabalho conjunto e melhores resultados para os utentes, sublinhou o seu presidente, Enfº José Carlos Martins.

Projecto na área da comunicação social digital, 24 horas por dia e 7 dias por semana dedicado ao distrito de Viseu

Pub