E a “coisa” tem que ser mesmo feita nas escadas?

por Rua Direita | 2015.01.07 - 16:30

A CMV convida o povo para a cerimónia em que dará conhecimento dos vencedores do orçamento participativo 2014.

Mas… ou andam em obras no salão nobre do município, ou o dito cujo está reservado para os actos solenes camarários e para os dignatários cortesãos.

Está boa de ver a postura do edil: recebe à porta e nas escadas, como outrora as casas abastadas faziam aos pobres da vizinhança…

Mas afinal, a casa é de quem?

Não era o Miguel de Vasconcelos, em 1640, que recebia à janela do Paço Real, no Terreiro do Paço?

Ps: E o galhardo corneteiro da imagem veio do RIV 14?

 

 

Projecto na área da comunicação social digital, 24 horas por dia e 7 dias por semana dedicado ao distrito de Viseu

Pub