Duas exposições feitas com o contributo activo de mulheres do distrito

por Rua Direita | 2015.01.15 - 15:16

 

 

São mais duas exposições do Núcleo de Viseu do Movimento Democrático das Mulheres (MDM), na Galeria Municipal Luís Veiga Leitão, em Moimenta da Beira, de 15 a 30 de janeiro: “Manta de Retalhos” e “Passos de Desigualdade”. Uma e outra de protesto contra a pobreza, o desemprego, a precariedade, a dificuldade no acesso a cuidados de saúde, a impossibilidade de aceder a apoios sociais e a violação de direitos específicos das mulheres. Ambas com a participação activa da energia feminina do distrito.

Em “Manta de Retalhos” desafiam-se as mulheres a expressarem, num retalho de tecido, a revolta interior que sentem e que muitas vezes não conseguem denunciar cara a cara. O projecto, explica o MDM, “pretende criar espaços de encontro, convívio e partilha de experiências, dar voz e visibilidade aos anseios e reivindicações das mulheres do distrito de Viseu. Deste projecto está a nascer uma manta subversiva, construída com o contributo que cada mulher quiser trazer, com a cumplicidade de quem luta pelo direito a ter direitos, com a força da identidade feminina”.

Em “Passos de Desigualdade” incitam-se as mulheres a deixarem mensagens sobre pares de sapatos que vão estar dispersos pelo chão da galeria. “São sapatos com rostos de mulheres do distrito de Viseu, denúncias de situações reais locais, exemplo daquilo que podemos encontrar em todo o território nacional”, esclarece também o MDM.

 

Rui Bondoso (Gabinete de Comunicação

Projecto na área da comunicação social digital, 24 horas por dia e 7 dias por semana dedicado ao distrito de Viseu

Pub