“Dia do Comando Territorial de Viseu” da GNR, em Moimenta da Beira

por Rua Direita | 2017.07.18 - 10:29

 

 

Foram dois momentos únicos. Aconteceram há pouco mais de uma semana e vale a pena relembrá-los com imagens elucidativas.

O primeiro ocorreu, fez sexta-feira oito dias, 7 de julho, no Terreiro das Freiras, o miolo urbano mais histórico da vila de Moimenta da Beira; e o segundo, no dia seguinte, sábado, 8 de julho, em frente ao quartel-sede da GNR de Moimenta da Beira.

Um e outro deslumbraram pela singularidade da circunstância. O concerto ao ar livre, de sexta-feira, da Banda Sinfónica da Guarda Nacional Republicana (GNR), foi memorável. Abriu com Johann Sebastian Bach e fechou com Luís de Freitas Branco. Um momento erudito? Sim, foi, mas do agrado do público que quase lotou o espaço.

No sábado, o desfile em parada das forças militares foi também inolvidável. A cerimónia, presidida pela Secretária de Estado Adjunta e da Administração Interna, Isabel Oneto (que teve ao lado o 2º Comandante-Geral da GNR, Major-General Botelho Miguel; o presidente da Câmara Municipal José Eduardo Ferreira; e o Comandante do Comando Territorial de Viseu, Coronel Vítor Rodrigues), foi presenciada (e aplaudida) pela assistência. O desfile (com parada) envolveu mais de uma centena de militares do distrito de Viseu e várias dezenas de meios motorizados.

O evento, que encerrou as comemorações do “Dia do Comando Territorial de Viseu”, incluiu ‘imposição de condecorações’, ‘homenagem aos mortos’, várias ‘alocuções’ e desfile das forças em parada com banda de música e fanfarra.

 

Rui Bondoso

Projecto na área da comunicação social digital, 24 horas por dia e 7 dias por semana dedicado ao distrito de Viseu

Pub