Deputados do PS visitam empresa do grupo Visabeira

por Rua Direita | 2014.03.25 - 13:40

Os deputados do Partido Socialista (PS), José Junqueiro e Acácio Pinto, visitaram no dia 24 de março a CERÚTIL, em Sátão, concelho do distrito de Viseu, uma região bem do interior. A indústria pertence ao grupo Visabeira, um grupo com uma faturação superior a 550 milhões de euros.

A CERUTIL emprega 164 trabalhadores, 74% dos quais são mulheres. É uma empresa âncora, sendo o maior empregador privado no concelho, tendo-se constituído como pilar fundamental da economia local e regional, bem como um fator determinante para atenuar a regressão demográfica.

Fabrica artigos de uso doméstico, em grés fino, bem como louça de forno. A incorporação de componentes na matéria-prima tem, maioritariamente, origem nacional.

Produz 20 mil peças por dia, 5 milhões por ano, das quais exportou, em 2013, 94% para 23 países, com destaque para França, Itália, Inglaterra, U.S.A. e Alemanha. O volume de faturação é, atualmente de 7,2 milhões de euros e a sede fiscal da empresa é no Sátão.

A indústria conheceu fortes constrangimentos pelas políticas fiscais do governo ao ter aumentado, por exemplo, de 6% para 23% o IVA do gás e eletricidade, recursos energéticos fundamentais à produção, que pesa na fatura final. A acessibilidade a Viseu e A25 é medíocre, fator que dificulta o acesso desejado, em melhores condições, ao porto de Leixões.

A equipa técnica conta com quadros qualificados, responsáveis pelo planeamento, designer e produção, bem como trabalhadores com formação técnica e profissional adequada às exigências do desempenho. Uma parte da atividade, a mais pesada, é robotizada e corresponde a conceitos de tecnologia e inovação desenvolvidos pela equipa técnica.

A deslocação dos deputados a Sátão inseriu-se no contexto das conferências “Novo Rumo para Portugal” e, neste caso concreto, no âmbito da semana dedicada às propostas do PS para “Um Novo Desenvolvimento” e uma economia de esperança, de crescimento e emprego em Portugal. Tiveram em conta que o distrito de Viseu é um dos que conheceu maior aumento de desemprego e maior desertificou.

Contrariamente às políticas de austeridade e empobrecimento, promovidas pelo governo, os deputados do PS chamam a atenção para o facto de que o crescimento e criação de emprego estar assente em indústrias e empresas mais competitivas e capazes de ter sucesso nos mercados internacionais, capacitando os nossos produtos e tecnologia, com base em recursos humanos altamente qualificados.

Os deputados do PS sublinham que é com exemplos destes, contrários às políticas de austeridade cega, que poderemos devolver a esperança aos cidadãos, demonstrar que uma crise só se ultrapassa com o crescimento e não com o empobrecimento. Criar uma nova confiança para um novo futuro é o desafio do PS, em que os deputados se inserem.

Projecto na área da comunicação social digital, 24 horas por dia e 7 dias por semana dedicado ao distrito de Viseu

Pub