«(DE)GOSTAR MANGUALDE» Apresenta o Queijo da Serra

por Rua Direita | 2014.01.02 - 12:08

 

Queijaria do Basílio é o produtor do mês de janeiro

A gastronomia, as marcas e os paladares da região numa

aposta contínua da Câmara Municipal de Mangualde

Com o objetivo de promover a gastronomia, os paladares, os sabores e as marcas da região, Mangualde continua a promover a campanha «(De)Gostar Mangualde» que apresenta mensalmente um produto do concelho. Neste mês de janeiro o produto a divulgar é o Queijo da Serra da Queijaria do Basílio.

 

Queijaria do Basílio

Queijaria tradicional, em Pinheiro de Tavares, alto do concelho de Mangualde (Freguesia de Tavares), junto a Fornos de Algodres.

A atividade tem lugar desde 1967, quando foram introduzidas as primeiras ovelhas e produzidos os primeiros queijos.

O leite utilizado na produção do queijo provém do nosso rebanho.

Das melhores pastagens, sempre a manter a tradição do melhor Queijo da Serra.

 

Queijo da Serra

É um dos queijos mais afamados, não só em Portugal mas entre os apreciadores de todo o mundo.

A sua produção obedece hoje as normas rígidas e tem região demarcada nos concelhos de Nelas, Mangualde, Celorico da Beira, Tondela, Gouveia, Penalva, Fornos de Algodres, Carregal do Sal, etc.

É produzido com leite de ovelha, principalmente entre os meses de novembro e março.

O seu período de maturação tem normas específicas e é no mínimo de trinta dias.

Tem um aroma e paladar inconfundíveis: suave e requintado, é a delícia de todo o apreciador.

Consoante a sua maturação torna-se amanteigado (de entorna) ou mais denso. É porém sempre uma festa para os sentidos.

É um queijo curado de fabrico artesanal, de pasta semimole, amanteigada, branca ou ligeiramente amarelada, uniforme (sem ou com muito poucos olhos), obtido pelo esgotamento lento da coalhada após coagulação do leite de ovelha cru, com cardo “Cynara Cadunculus”.

A forma é de cilindro baixo com abaulamento lateral e um pouco na face superior, sem bordos definidos.

Apresenta crosta maleável, bem formada, lisa e fina, de cor amarelo-palha uniforme.

Exala aroma intenso e o sabor revela um “bouquet” suave, limpo e ligeiramente acidulado.

A Queijaria do Basílio situa-se na Rua de São Vicente, n.º 32 – Pinheiro Tavares, 3530-360 – São João da Fresta. Os contactos são o 271709717, o 968492590 e email

to_manuel_almeida@hotmail.com.

O primeiro produto a ser divulgado foi o «esticadinho» da Espiga Dourada, em março, seguiu-se o Hotel Rural Mira Serra e o «Bacalhau à Aires» em abril, a Adega Cooperativa de Mangualde, CRL em maio, o Restaurante Moderno com a sua Massa de Galo de Cabidela e Sopa de Peixe em junho, a Pastelaria do Patronato com o seu Pastel de feijão em julho, o Hotel Cruz da Mata em agosto, o mel – «A abelha azul» de Harald Hafner em setembro e o “Cozido à Moda do Beirão” do Restaurante “O Valério”, no mês de outubro. A última campanha apresentada destacou o vinho da Quinta dos Roques, em novembro.

Ao longo dos próximos meses serão vários os sectores e produtos a divulgar, desde a pastelaria, o mel, o vinho, o queijo e os diversos restaurantes da região.

A Câmara Municipal de Mangualde convidou várias marcas a participar nesta campanha, aquelas que se inscreveram serão divulgadas no âmbito do «(De)Gostar Mangualde». A divulgação de cada marca/produto será efetuada através de cartazes, postais, marcadores de livro, imagem no Led da Câmara, banner e informação no site da autarquia e do Turismo de Mangualde.

Sofia Monteiro | 910 944 474 |

 

Projecto na área da comunicação social digital, 24 horas por dia e 7 dias por semana dedicado ao distrito de Viseu

Pub