Costumes ancestrais animam Quintela de Azurara

por Rua Direita | 2019.02.19 - 06:55

 

A FOGUEIRA, AS PAPAS DE MILHO, A SACADA E O ENTERRO DO ENTRUDO SÃO OS PONTOS ALTOS DAS FESTAS DE CARNAVAL

 

A freguesia Quintela de Azurara, em Mangualde, volta a fazer jus aos seus costumes de Carnaval com momentos que vão recordar tradições seculares. A fogueira, as Papas de Milho, a Sacada e o Enterro do Entrudo, serão os pontos altos das festividades que, ao longo de vários dias, prometem animar as ruas daquela localidade. Os “Casamentos” dos Compadres” abrem os festejos, a 20 de fevereiro, mas, até 5 de março, são muitas as propostas.

Apesar do passar dos tempos e das alterações inerentes à evolução das sociedades, perde-se no tempo, o ano e a forma, como Quintela de Azurara começou a viver a tradição do Carnaval. Uma iniciativa secular, que foi passando de geração em geração, com momentos únicos, como é o caso do jogo a Sacada, onde os rapazes solteiros se mascaram de “velhas” e, transportando sacas de serapilheira, desafiam os homens casados a participar no jogo. Dizem os mais velhos que este será um ritual de purificação da alma e libertação dos maus pensamentos. No dia de Carnaval, 5 de março, pelas 17h00, todos são convidados a conhecer.

O Entrudo é seguramente a época do ano que mantém o maior número de tradições nesta freguesia. No dia 20 de fevereiro, os casamentos dos compadres e das comadres são anunciados e afixados por dois ou mais mensageiros, posicionados em cada extremo do povo, que têm “liberdade ilimitada” para abusar do maldizer de todos os solteiros e solteiras que habitam na Freguesia.

Nos domingos magro e gordo, todos são convidados para participarem no jogo da “Panela de Barro” e para entrarem na “Roda do Entrudo”, onde se canta e dança alegremente. Na quarta-feira, dia 27 de fevereiro, uma semana após a maledicência dos compadres, surge a resposta com os casamentos das comadres, que também aproveitam a sua oportunidade para troçar de toda a gente.

A Fogueira é também um marco histórico do Carnaval de Quintela de Azurara: na noite anterior ao dia de Carnaval (este ano a 4 de março, a partir das 19h00), a população junta-se à volta de uma grande fogueira, cantando e dançando alegremente, retemperando as forças para, pela aurora, e já satisfeitos com as Papas de Milho, irem “Cantar a Madrugada” pelas ruas da aldeia. No dia seguinte, dia de Carnaval, a folia continua! Pela manhã, quem conseguiu dormir toma conta da fogueira, para esta não se apagar, e quem passou a noite acordado vai descansar breves momentos! Vários grupos musicais vão animar a aldeia de 3 a 5 de março até ao Enterro do Entrudo, que acontece pelas 00h00 de quarta-feira. Terminam assim as festas e entra-se no período da Quaresma.

Durante estes dias, Quintela de Azurara oferece ainda um vasto programa lúdico, para a população e visitantes:  a caminhada pelos “Trilhos de Ludares”, o Passeio Noturno de BTT e o Free Trail. E ainda degustação e venda dos produtos da região em destaque na Feirinha de Entrudo, onde também estará patente o artesanato.

 

 

 

 

Sofia Monteiro

Projecto na área da comunicação social digital, 24 horas por dia e 7 dias por semana dedicado ao distrito de Viseu

Pub