C. M. de Mangualde enaltece João Amaral e os seus atletas

por Rua Direita | 2014.09.01 - 18:50

 

 

MANGUALDENSEs conquistam os melhores prémios em atletismo

 

João Amaral coordenou o trabalho de 7 atletas paralímpicos

A Câmara Municipal de Mangualde não poderia estar mais radiante. João Amaral e os seus atletas paralímpicos conseguiram trazer medalha de ouro da final do Grand Prix em Birmingham, Inglaterra. Deste Campeonato da Europa de Atletismo IPC que decorreu em Swansea, País de Gales de 14 a 24 de agosto, a equipa mangualdense conseguiu ainda as medalhas de prata e de bronze. João Azevedo, Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, recebeu o técnico João Amaral nos Paços do Concelho, em sinónimo de gratidão e reconhecimento do excelente trabalho que desempenhou.

Depois de conquistar a medalha de prata no Europeu nos 1500m T20, Cristiano Pereira conseguiu ainda o ouro no Grand Prix de Birmingham. Cristiano, de 18 anos, terminou a prova em 3:57.03 minutos, sendo este o novo recorde da competição. O jovem atleta da Casa do Povo de Mangualde (CPM),conta apenas com três anos de experiência no mundo do atletismo mas conseguiu mostrar ser capaz de superar todos os obstáculos que lhe foram impostos. João Amaral, Coordenador da Seleção Nacional do Sector de Meio Fundo de Atletismo Adaptado, mostrou-se bastante satisfeito perante esta vitória, “ tinha algumas reservas em relação ao Cristiano, pois é muito novo e estávamos perante o último campeão olímpico e atual recordista do mundo na distância, mas ele conseguiu”, mencionou o técnico mangualdense.

A medalha de bronze foi atribuída a Cátia Almeida que revelou ser também ela uma grande atleta neste Campeonato ao obter, nos 1500m T12, um excelente resultado, a sua melhor marca desta época: 5:03.98 minutos. Saiba-se que a mangualdense, de 23 anos, conta com 12 anos no mundo do atletismo.

De salientar que estes dois jovens da CPM já tinham saído vitoriosos do Campeonato Nacional de Desporto Adaptado, que decorreu em maio passado. Cristiano Pereira conseguiu, nas categorias de 1500 metros e 800 metros, sagrar-se campeão nacional e Cátia Almeida saiu com o título de campeã nacional nas categorias de 1500 metros, 800 metros e 400 metros.

Carlos Ferreira, que pertencia ao grupo de meio-fundo, também participou neste Campeonato e conseguiu trazer para casa uma medalha de bronze graças à sua prestação nos 5.000 metros.

João Amaral integrou pela primeira vez o cargo de coordenador da Seleção Nacional do Setor de Meio Fundo de Atletismo Adaptado, um convite da FPA e do Comité Paralímpico de Portugal. Ligado ao Atletismo local, regional, nacional e internacional, há já 28 anos, João Amaral viu aqui a sua carreira ir mais longe ao integrar a equipa de coordenadores de atletismo para o Campeonato da Europa de Atletismo, um passo que deu na sua carreira com algum receio, mas vencido pela determinação e força de vencer. “Não estava habituado a trabalhar com invisuais, mas aceitei o convite com muito orgulho. Fui com alguma cautela, mas correu tudo muito bem e os resultados falam por si”, referiu o coordenador de 59 anos bastante orgulhoso da sua equipa.

 

 

 

 

Isabel Martins

Projecto na área da comunicação social digital, 24 horas por dia e 7 dias por semana dedicado ao distrito de Viseu

Pub