AFERT recebe Turistas de Lisboa

por Rua Direita | 2017.07.31 - 13:50

 

 

Muitas vezes se vai questionando o papel do movimento associativo no seio das comunidades em que se inserem. Pegando no caso da AFERT, desde sempre houve a preocupação em fazer jus ao seu objeto – “…recolha e divulgação de tradições e costumes da região…”. A divulgação do que é nosso é pois, por si só, uma forma de promover a nossa terra e a região em que se insere. Mas se nos dá prazer fazê-lo em cada saída por esse país fora, muito mais nos dá quando, pelo contrário, trazemos as pessoas até à nossa terra. Foi o que aconteceu no passado sábado em que três dezenas de Lisboetas se deslocaram ao Tourigo, para uma noite de cultura e recreio na AFERT. A Associação ALBARDA é uma associação que tem uma revista virada para o Património e na qual a maior parte dos seus elementos, escrevem para o divulgar. Em comunhão com a Casa do Concelho de Tondela em Lisboa, procuraram fazer uma visita ao nosso concelho para conhecer algum do património local, com destaque para o Museu Terras de Besteiros, as Igrejas locais, as Olarias de Molelos, o Linho de Castelões e, entre outros espaços, a AFERT e nela o Tourigo e as suas tradições culturais e etnográficas.

Foi, pois, neste contexto que a direção recebeu o grupo com um jantar na nossa sede. Um jantar de partilha de ideias, de conhecimentos sobre o nosso território, que pretendeu divulgar um pouco daquilo que é genuíno do Tourigo. Seguidamente, o Rancho Folclórico Rosas do Tourigo, subiu ao palco para demonstrar algumas das suas danças e músicas mais tradicionais. Agradavelmente surpreendidos com a partilha de experiências, o grupo despediu-se já noite dentro. Da parte da AFERT fica a certeza de tudo ter feito para continuar a promover aquilo que é nosso e, dessa forma, justificar a existência de uma equipa eleita para continuar a levar, tão longe quanto possível, o bom nome do Tourigo e tudo quando se vai fazendo pela nossa terra.

 

 

Rosas do Tourigo deslocam-se a Lobão da Beira

O Rancho Folclórico Rosas do Tourigo deslocou-se a Lobão da Beira, no passado domingo, a fim de participar no IX Festival Nacional de Folclore do Rancho Folclórico do Cruz Maltina Lobanense.

Do programa constou um almoço convívio entre os grupos participantes, seguido de uma tarde de folclore. Para além do grupo da casa, subiu ao palco o Rancho Folclórico de Sever do Vouga e o Rancho Folclórico as Capuchas de S. João do Monte, cabendo ao nosso rancho encerrar a tarde musical.

A título de curiosidade, pese embora não nos lembrarmos de alguma vez nos termos deslocado a Lobão, descobrimos uma fita, na nossa bandeira, que nos recorda que o nosso rancho esteve nesta mesma localidade, decorria o ano de 1992. Um regresso 25 anos depois, que serviu também para reforçar os laços de amizade dentro daquilo que são as instituições do concelho de Tondela.

 

 

XVI Festival Nacional de Folclore do Rancho Rosas do Tourigo

Quando falamos em divulgação e promoção do nosso território, não nos podemos esquecer daquele que é o momento alto na vida do Rancho Folclórico Rosas do Tourigo – o seu Festival Anual de Folclore. Decorre já na tarde do próximo dia 6 de agosto, num espaço único da nossa União de Freguesias como é o recinto da Nossa Senhora do Rosário, o tradicional Festival de Folclore que este ano vai já para a sua XVI edição.

A receção aos grupos acontecerá na sede da AFERT, no Tourigo, a partir das 11h30 dirigindo-se, posteriormente, ao recinto do Bôdo, onde será servido um almoço convívio aos mais de 250 cantadores e cantadeiras, dançarinos e convidados presentes. Pelas 15h00 as entidades parceiras serão convidadas a subir ao palco para oferecerem algumas lembranças aos grupos convidados, estando o início das atuações marcada para as 15h30. Importa destacar que, mais uma vez, houve a preocupação em convidar grupos oriundos dos quatro cantos do país, capazes de proporcionar uma excelente tarde de folclore. Assim, o primeiro grupo a subir ao tabuado será o da casa, com uma atuação de 20 minutos. Seguir-se-á o Rancho Folclórico “Os Minhotos da Ribeira da Laje”, vindos de Oeiras; o Rancho Folclórico de Campos, Viana do Castelo; o Rancho Folclórico da Vila de Prado, Braga e a fechar a tarde o Rancho Folclórico da Mêda, Guarda. A todos os interessados, fica o convite para aparecerem nesta que será uma grande tarde de música, danças e etnografia na nossa União de Freguesias.

Projecto na área da comunicação social digital, 24 horas por dia e 7 dias por semana dedicado ao distrito de Viseu

Pub