A incúria às portas da Cidade

por Paulo Neto | 2014.03.04 - 13:45

Já não é novo este assunto, mas como somos persistentes voltamos à carga.

No muro da porta afonsina da Rua do Arco, junto à Fonte de S. Francisco (do Amor de Perdição), o Santo em questão está neste estado; o lampadário fundido; devassado; a pedra suja; o desprezo à vista…

Sabemos que a senhora vereadora da Cultura, agora como chefe interina da Expovis-já-extinta-mas-a-funcionar terá pouco tempo, mas nós vamos lembrá-la semanalmente.

Os turistas que vêem o património neste estado de desleixo e incúria vão pensar que a CMV não é curadora nem responsável pelos bens à sua guarda.

Que é negligente.

Mas nós não acreditamos.

Será apenas esquecimento e falta de mobilidade da “Cultura” para o exterior desconfortável do seu gabinete.