A fome no país do Coelho

por Paulo Neto | 2015.04.20 - 15:00

 

São bonitos os discursos, pá! Acerca dos milagres da economia, pá! Sobre a nobre política do Coelho & Portas, pá!

Tudo são rosas na boca da Dona Maria-das-finanças, nos arrotos do Pires-da-economia, na prepotência do Núncio-do-impostos…

A da Cruz da justiça por cada cavadela apanha um balde de minhocas. O da Mota social é uma desgraça a esvaziar a casa para a vender aos privados. O Crato da “inducasão” é uma lástima digna de dó. Etc.

Este é o país dos “cofres cheios” – de alguns, sem dúvida.

Este é o país da impunidade – de alguns, sem dúvida.

Este é o país da sem-vergonhice – de muitos políticos, sem dúvida.

Este é um país com banqueiros criminosos, sem dúvida.

Este é o país onde uma cáfila de mentirosos nos intruja diariamente – e nós, alguns de nós, muitos de nós, parece gostarem, sem dúvida.

Conhecemos várias calamidades. Vários terrorismos praticados cinicamente em nome de nobres ideais… Mas as crianças, Coelho, as crianças…

Olhe para os seus filhos e explique-lhe que há crianças em Portugal que não têm pão para comer. Explique-lhes, pá, olhos nos olhos, se for capaz…

Uma ponta de vergonha nessa carantonha impávida e uma nesga de verdade nessa boca poluta, seria pedir muito?

 faim4

Leia mais aqui…

http://www.rtp.pt/antena1/index.php