princípios elementares da claridade

por Maria José Quintela | 2014.01.18 - 15:44

1.permanecer é o pretexto terreno para um sonho insaciável. o medo é uma síntese precipitada das horas. vamos sempre embora. de fora para dentro. na forma de um ponto compacto que deflagra em luz e agora.

2.ninguém fala do esquecimento que fica antes do recomeço. se dúvidas houvesse da ilegibilidade da morte bastaria abrir a última página de todos os livros do mundo. nenhum morto redige o epílogo.

3.todos os sons são perguntas lançadas ao universo. e nós desaprendemos a fala harmónica dos anjos em troca de estremecimentos efémeros.

o silêncio é uma espécie de heroísmo.