Nova viagem

por Vitor Santos | 2017.08.17 - 22:11

Maria pensa em muita coisa, com exceção da possibilidade de mudar seu jeito de ser por alguém.
Isso está fora de questão.
O problema está neles.
Ambos são culpados e vítimas.
Não espera ninguém perfeito.
Dispensa perfeições.
Já não acredita neste amor.
Quem ama não trata assim. Não maltrata.
A conclusão é que está sozinha.
Só ela pensa tanto neles.
Decididamente não é merecedor do tanto que lhe dedica, do bem que gosta de lhe fazer.
Está a insistir demais em algo que não existe.
Ao seu lado a vida fazia mais sentido, mas…
Maria parte em nova viagem sem destino.

 

 

desenho de Paulo Medeiros

Vitor Santos nasceu em Viseu no ano de 1967. Concluiu o Curso de Comunicação Social no IPV. Conta com várias colaborações na Imprensa Regional. Foi diretor do Jornal O Derby.

Pub