Há dias…

por Maria Teresa Merino | 2014.06.07 - 12:57

Há dias…

Há dias em que a alegria desaparece, em que a alma adoece. O sonho morre e adormece, o dia escurece e a desilusão aparece.
Há dias em que a morte se instala, os mares gemem revoltados, o sol nasce amedrontado e a tristeza prevalece.
Há dias em que sonhar é pecado!

Há dias sem um abraço, um beijo, um toque… Sem uma mão entrelaçar.
Há dias que não são dias…
Há dias assim…