Viseu apresenta o pior indicador de poder de compra de todas as capitais de distrito da região Centro, escreve o nosso congénere “Dão e Demo”

por Rua Direita | 2017.11.13 - 13:21

Os resultados não deixam qualquer dúvida. O concelho de Viseu é aquele que apresenta o pior indicador do poder de compra per capita de todas as capitais de distrito da região Centro: abaixo da Guarda, de Castelo Branco, de Leiria, de Aveiro e de Coimbra.

Estes dados foram revelados recentemente pelo INE referentes a todos os municípios portugueses e relativos ao ano de 2015.

Dos 308 municípios portugueses, 33 apresentavam valores acima da média nacional relativamente ao indicador do poder de compra per capita (IpC). Ainda acima da média nacional estavam as duas áreas metropolitanas de Lisboa e do Porto e alguns municípios coincidentes com capitais de distrito”, revela o INE.

O indicador Percentagem de Poder de Compra (PPC) revela que 23 municípios concentravam 50% do poder de compra nacional e que os 35 municípios que integram as duas áreas metropolitanas do país ultrapassavam este limiar ao concentrarem 51% do poder de compra nacional” acrescenta ainda o INE.

Consultada a tabela que o INE publica em anexo a este estudo, constata-se que quer os 33 municípios que estão acima da média nacional (estabelecida em 100), quer os 23 que concentram 50% do poder de compra nacional se concentram, na sua esmagadora maioria, nas duas áreas metropolitanas e no litoral.

Quanto a Viseu, com um indicador de 95,93, situa-se abaixo de todas as suas congéneres capitais de distrito da região Centro (Guarda, 96,25; Castelo Branco, 97,40; Coimbra, 131,54, Aveiro, 125,13; Leiria, 102,92).

Mas fora da região Centro a situação de perda de Viseu mantém-se para todos os municípios, capitais de distrito, do interior, que estão, todos, com um valor superior ao de Viseu (Bragança, 97,97; Vila Real, 100,81; Portalegre, 105,70; Santarém, 103,95, Évora, 116,39; Beja, 107,06), e bem assim a perda mantém-se para com todos os municípios capitais de distrito no continente à exceção de Viana do Castelo, como se pode inferir dos valores que publicamos na tabela e gráfico anexos.

 

(DR de Dão e Demo – Acácio Pinto)

Projecto na área da comunicação social digital, 24 horas por dia e 7 dias por semana dedicado ao distrito de Viseu

Pub