“Vereador dispensado vai gerir as aldeias”, refere Lúcia Silva

por Rua Direita | 2017.09.01 - 15:36

 

 

 

O Presidente da CMV e candidato pelo PSD, afirma que Guilherme Almeida, o excluído das listas para as próximas eleições autárquicas, ” será um gestor para o meio rural … ” perante estas declarações a Candidata do Partido Socialista, Lúcia Araújo Silva, manifesta uma total indignação e repudio pelo uso dos dinheiros públicos para pagar favor e atribuir os chamados “tachos” .

Se realmente Guilherme Almeida é assim tão válido porque razão o dispensou das listas, e pretende criar um lugar de gestor para as freguesias?

Isto é uma vergonha para a democracia.

É uma falta de respeito para com os viseenses que pagam os seus impostos.

Almeida Henriques sente que pode fazer tudo.

Que os viseenses votarão sempre nele apesar de tudo. Apesar de falhar, de errar e de abusar.

Porque estamos a falar de uma abuso da invenção se um cargo público apenas para resolver um problema interno do partido.

Estar na politica é servir. Presidir uma Câmara é servir a comunidade. Este ato serve interesse bem particular e nitidamente partidários.

 

 

Lúcia Araújo Silva

Projecto na área da comunicação social digital, 24 horas por dia e 7 dias por semana dedicado ao distrito de Viseu

Pub