Quer ir a Itália? Suba ao terceiro andar

por Pedro Morgado | 2018.06.09 - 19:00

Sair para almoçar ou para jantar é hoje uma coisa simples, básica, ao alcance de qualquer um. Com uns patacos no bolso, alguma vontade e uma variedade imensa por onde escolher, difícil é não comer bem. Certo? Errado. Quem anda nestas lides sabe que, por incrível que pareça, isto pode ser bem mais difícil do que parece.

E, é nessa ilusão que vive meio país. Nós por cá não fugimos à regra.

Habituado aos sabores fortes e tradicionais que deixam um travo forte no palato, o beirão, nascido e criado entre o Caramulo, a Estrela e o Montemuro, não se arrepia com nada. É cosmopolita, já foi a Lisboa, já comeu em restaurantes finos, já provou de tudo. É, por mérito próprio, um especialista que domina os sabores do mundo com a ponta da língua.

Eu, pecador me confesso. Até há bem pouco tempo, entre os meses de janeiro e dezembro, guardava sempre para os mais chegados uma palavra (um apontamento) sobre como viajar sem sair da mesa. Tudo isso acabou quando entrei no Squisito, o novo restaurante da Visabeira, no 3º piso do Palácio do Gelo Shopping.

Já tinha ouvido dizer por aí que a autêntica pizza napolitana não sabe apenas a fiambre e a cogumelos de lata. Confirmo. Surpreendentemente, ou não, provar as iguarias típicas da cozinha italiana neste restaurante não tem paralelo. No Squisito as portas dão diretamente para as ruas de Itália. As saborosas pizzas confecionadas em forno de lenha, as deliciosas pastas, os requintados risotos e os delicados gelados italianos arrepiam. São diferentes (para melhor, para muito melhor) de tudo aquilo que já provei até hoje.

Não é todos os dias que se encontra um restaurante assim. Tudo ali faz sentido. Se, por um lado, se nota o detalhe do trabalho que a equipa de arquitetos do Grupo Visabeira, liderada por Paula Fonseca Nunes, responsável entre outros pelo projeto do Montebelo Vista Alegre Ílhavo Hotel, procurou imprimir neste espaço onde um gigante forno a lenha ocupa um lugar central, não menos importante é a entrega da chave da cozinha. E, meu Deus, que escolha! Algum dia ousou pensar em ir almoçar ao histórico Hotel Metropol de Bellagio, nas margens do Lago de Como, petiscar no La Traviata, em Los Angeles, ou jantar no Palace de Milão? Não? Pois, descanse. Apesar de, para já, a viagem não estar incluída, a ementa do Squisito não lhes fica a dever nada. Em comum, os pratos assinados pelo chef italiano Franco Soave que, tal como fez quando trabalhou nestas referências mundiais, continua hoje a sua aposta na “utilização de ingredientes sempre genuínos, bem como pela produção e execução artesanal das massas frescas utilizadas nas pizzas e pastas”. Assim, fruto desta equação, chega-se a um resultado inquestionável: uma cozinha de exceção.

Mas, este espaço onde a gastronomia italiana assume todo o seu esplendor, tem tanto de requintado como de provocador. Todos os dias, das 12h e as 23 horas, tem à disposição dos seus clientes uma loja gourmet (uma mercearia típica de Itália) e, pasme-se, um serviço take away. Entrar no Squisito é ter um cheirinho do que é aterrar em Itália, a 2700 km de distância, ao mesmo tempo que se pode voltar a casa (ao trabalho) no final da refeição. Esquisito? Não. Simplesmente delicioso, requintado e perfeito.

Nasceu na Covilhã. Licenciado em Comunicação Social pela Escola Superior de Educação de Viseu, ocupa parte do seu tempo nas áreas ligadas às novas TIC's.

Pub