Praça Aquilino Ribeiro está a ser construída na principal entrada da freguesia de Carregal

por Rua Direita | 2017.05.31 - 09:27

 

 

Em maio, mais exatamente no dia 27, assinalou-se a morte do escritor sernancelhense Aquilino Ribeiro. Este ano, nas Terras do Demo, a principal homenagem foi a reedição de mais uma das obras, no caso “O Homem da Nave”, mas a sua terra natal, o Carregal, iniciou, na principal entrada da aldeia, a construção de uma praça dedicada ao Mestre Aquilino Ribeiro, que deverá estar concluída dentro de dois meses e terá um custo de 137.825 euros.

A obra é promovida pelo Município de Sernancelhe e Freguesia de Carregal.

Com a assinatura do arquiteto Paulo Albino Ribeiro dos Santos, natural de Lamosa, Concelho de Sernancelhe, o projeto foi todo ele inspirado na obra de Aquilino Ribeiro, observou a função social e a importância daquele espaço para a comunidade carregalense, pois ali existe um tanque/lavadouro, cujos excedentes de água servem o regadio das hortas e terrenos ao redor da aldeia. Ou seja, na perspetiva do arquiteto, foram observados todos estes aspetos no projeto da praça, que ficarão devidamente salvaguardados e que agora terão uma linha estética e funcional adequada e complementar.

Reformular e transformar, mantendo as funções relevantes do local, são os objetivos da intervenção que iniciou há cerca de duas semanas. Nesse sentido, os materiais a utilizar vão ao encontro das marcas do Concelho, tendo o granito como elemento dominante, a que se juntará o aço corten, estando prevista ainda a iluminação, drenagem de águas para rega, integração de contentores de lixo subterrâneos, a construção da paragem de autocarro e o reposicionamento do tanque/lavadoiro para que ocupe menor espaço e fique perfeitamente enquadrado.

Contudo, em todo este conjunto de intervenções, que decorrerão numa área total de 250 metros quadrados, o destaque será para Aquilino Ribeiro, o escritor que nasceu na freguesia, em 1885, numa casa a poucos metros de distância deste local.

Como forma de perpetuar a sua memória e enaltecer a história da aldeia, serão criados elementos gráficos gravados e recortados no aço corten das paredes elevadas que, depois da incidência da luz, criarão um efeito único, ao jeito de praça, unida por uma escadaria, comunicando todos os elementos entre si.

Quando se assinalam 54 anos da morte de Aquilino Ribeiro, e um ano depois de o Carregal ter sido palco da apresentação da reedição da obra “Cinco Réis de Gente”, o Município e a Freguesia unem-se aos carregalenses na concretização de uma obra que assume a missão de homenagear este filho da terra, ao mesmo tempo que pretende posicionar o Carregal como a Terra de Aquilino, a terra de um dos mais reconhecidos escritores portugueses.

 

 

 

Paulo Pinto

Técnico de Comunicação

 

Projecto na área da comunicação social digital, 24 horas por dia e 7 dias por semana dedicado ao distrito de Viseu

Pub