MAI – Programa Aldeia e Pessoas Seguras

por Rua Direita | 2018.06.14 - 18:41

 

O Programa “Aldeia Segura” e “Pessoas Seguras” está já a ser implementado em 700 aldeias dos 189 municípios que possuem freguesias de risco no âmbito da defesa da floresta contra incêndios.

Foram designados 700 Oficiais de Segurança da Aldeia e identificados 350 locais de abrigo/refúgio. O Oficial de Segurança da Aldeia tem como missão transmitir avisos à população, organizar a evacuação do aglomerado em caso de necessidade e fazer ações de sensibilização junto da população.

Estão também a ser sinalizados os caminhos de evacuação nos aglomerados populacionais, tendo sido elaborados 260 planos de evacuação. A partir de hoje, vai ser intensificada a distribuição de kits de autoproteção pelas aldeias, bem com da sinalética para indicação dos caminhos de evacuação.

Nas ações de sensibilização realizadas no terreno estiveram envolvidas mais de 10 mil pessoas.

A execução do Programa “Aldeias Seguras” e “Pessoas Seguras” resulta de um protocolo assinado entre a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), a Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP) e a Associação Nacional de Freguesias (ANAFRE).

Nesta conjugação de esforços entre o Poder Central e o Poder Local, pretende-se:

– Incentivar  a participação das populações e reforçar a consciência coletiva de que a proteção e a segurança são responsabilidades de todos;

– Apoiar o poder local de forma a promover mais segurança;

– Contribuir para a salvaguarda de pessoas e bens;

– Implementar estratégias de proteção de aglomerados populacionais face a incêndios rurais;

– Criar dinâmicas e hábitos com base no conceito de autoproteção;

– Familiarizar as populações com as condutas adequadas a observar em caso de evacuação ou confinamento, treinando-as para esse efeito;

– Sensibilizar para a adoção de práticas e comportamentos que minimizem o risco de incêndio rural e aumentem a segurança das comunidades

Para uma eficaz e simples implementação do programa, a ANPC desenvolveu um Guia de Apoio à Implementação –  https://www.portugal.gov.pt/ download-ficheiros/ficheiro. aspx?v=7b53bbc8-f205-4a59- 9e43-b3e59b9217bc – para que, em conjunto com os municípios e as freguesias, as medidas estejam em curso de forma célere, adaptadas à realidade local.

No âmbito destes programas foram distribuídos por diversas entidades públicas cerca de 1 milhão de folhetos com medidas de autoproteção. O folheto está igualmente a ser entregue nos 640 mil domicílios das freguesias prioritárias. Está também em curso uma campanha de informação na televisão, rádio e redes sociais.

 

Ministério da Administração Interna

Projecto na área da comunicação social digital, 24 horas por dia e 7 dias por semana dedicado ao distrito de Viseu

Pub