Espaço Cidadão Móvel

por Rua Direita | 2018.01.04 - 20:14

 

 

Esta semana, 5 novas carrinhas Espaço Cidadão Móvel iniciam uma viagem pelo país levando um conjunto de serviços públicos de diferentes áreas, como Segurança Social, a Justiça, as Finanças, a Agricultura, as Infraestruturas e a Saúde.

 

Estes pontos de atendimento digital mediado seguem o princípio da mobilidade – tal como acontece com o Espaço Cidadão Solidário – em que os serviços públicos vão ao encontro dos cidadãos e das suas necessidades, em vez de serem as pessoas a terem de se dirigir até eles.

Nesta primeira fase, estes Espaço Cidadão Móveis vão reforçar o trabalho, coordenado pela Segurança Social, de apoio às populações vítimas dos incêndios do ano passado.

Estes novos equipamentos disponibilizam os seguintes serviços:

•      Informação sobre apoios sociais disponibilizados às populações afetadas pelos incêndios;

•      Informação sobre prestações sociais atribuídas pela Segurança Social;

•      Sinalização de situações com necessidades de acompanhamento social ou médico;

•      Informação sobre apoios disponíveis às empresas afetadas e apoios à empregabilidade;

•      Informação e emissão de certidões, requisição do documento de identificação ou 2ª via do certificado de matrícula;

•      Informação sobre a situação dos veículos ardidos;

•      Informação de apoio a agricultores e reposição do potencial produtivo;

•      Renovação da Carta de Condução;

•      Emissão do Registo Criminal;

•      Emissão de Chave Móvel Digital (importante para suprir falta do CC a quem tenha ficado sem ele);

•      Entrega de despesas médicas da ADSE para reembolso.

 

O serviço será prestado por equipas de técnicos de vários serviços públicos – nomeadamente Segurança Social, IRN (Instituto dos Registos e do Notariado), DRAP (Direção Regional de Agricultura e Pescas) e AMA (Agência para a Modernização Administrativa).

Estas carrinhas estarão informatizadas, permitindo a instrução inicial dos processos referentes aos diversos apoios.

Para além dos serviços acima identificados, esta ação conta ainda com o apoio do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) e da Fundação INATEL.

 

Projecto na área da comunicação social digital, 24 horas por dia e 7 dias por semana dedicado ao distrito de Viseu

Pub